Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Óptica
  4. Formação de imagens nas lentes esféricas

Formação de imagens nas lentes esféricas

As lentes esféricas convergentes e divergentes formam tipos distintos de imagens e são muito utilizadas na correção de problemas de visão.

As lentes esféricas podem ser do tipo convergente, que focalizam a luz incidente em um ponto único, ou divergente, que espalham os raios de luz incidentes. Cada tipo de lente forma imagens específicas, que são utilizadas para diversas finalidades, como na correção de problemas de visão, no zoom de máquinas fotográficas e câmeras de vídeo, na composição de microscópios etc.

Elementos das lentes

Os elementos que compõem as lentes esféricas são:

  • Centro óptico (O): as chamadas lentes delgadas apresentam espessura muito inferior ao tamanho de suas faces. Isso faz com que os vértices das faces dessas lentes quase ocupem o mesmo ponto, o qual é definido como centro óptico da lente;

  • Foco (f): ponto onde a luz é focalizada;

  • Ponto antiprincipal (2f): ponto que corresponde ao dobro do foco em distância do centro óptico;

  • Eixo principal: linha que contém o ponto antiprincipal, o foco e o centro óptico de uma lente.

Elementos das lentes convergentes

Elementos das lentes divergentes

Propriedades das lentes esféricas

O comportamento das lentes esféricas ao receber a luz incidente determina a formação de diferentes tipos de imagens. Raios de luz que incidem sobre lentes esféricas são refratados de três maneiras:

  • Todo raio de luz que incide paralelo ao eixo principal é refratado na direção do foco;

  • Todo raio de luz que incide na lente pelo foco refrata-se paralelamente ao eixo principal;

  • Todo raio de luz que incide sobre o centro óptico não sofre desvio.

Imagens das lentes convergentes

Como seguem as propriedades das lentes esféricas, as convergentes formam cinco tipos distintos de imagens:

1. Quando o objeto (representado em azul) é posicionado antes do ponto antiprincipal, a lente forma uma imagem (representada em vermelho) real, invertida e menor que o objeto.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ex.: Máquina fotográfica e olho humano.

Objeto antes do ponto antiprincipal

2. Quando o objeto (representado em azul) é posicionado sobre o ponto antiprincipal, a lente forma uma imagem (representada em vermelho) real, invertida e igual ao objeto.

Ex.: Máquinas de fotocópia.

Objeto sobre o ponto antiprincipal

3. Quando o objeto (representado em azul) é posicionado entre o ponto antiprincipal e o foco da lente, a imagem formada (representada em vermelho) é real, invertida e maior que o objeto.

Ex.: Projetores.

Objeto entre o ponto antiprincipal e o foco

4. Quando o objeto (representado em azul) é posicionado sobre o foco da lente, não é formada uma imagem, pois os raios refratados são paralelos e nunca se cruzam para formar uma imagem do objeto.

Objeto sobre o foco

5. Quando o objeto (representado em azul) é posicionado entre o foco e o centro óptico da lente, sua imagem (representada em vermelho) é virtual, direita e maior que objeto.

Ex.: Lupas.

Objeto entre o foco e o centro óptico

Imagem da lente divergente

As lentes divergentes são capazes de formar apenas um tipo de imagem, pois, qualquer que seja a posição de um corpo (representado em azul) diante de uma lente divergente, sua imagem (representada em vermelho) é virtual, direita e menor. Lentes desse tipo são utilizadas para a correção da miopia.

 Imagem da lente divergente

As imagens formadas pelos diferentes tipos de lentes auxiliam na correção de problemas de visão
As imagens formadas pelos diferentes tipos de lentes auxiliam na correção de problemas de visão
Publicado por: Joab Silas da Silva Júnior
Assuntos relacionados
A grande convergência da lente usada nas lupas permite que essas concentrem os raios de luz.
Convergência de uma lente esférica
Quer saber mais sobre o que é a convergência de uma lente esférica? Acesse o artigo para saber como a calculamos e conhecer os focos das lentes côncavas e convexas.
Lentes Esféricas
Você sabe o que são lentes esféricas? Quais são suas propriedades? Então acesse para entender tudo a respeito desse tipo de lente e ainda conferir exercícios!
O microscópio é um instrumento óptico que tem como finalidade a ampliação de objetos
Instrumentos ópticos
Conheça o funcionamento dos instrumentos ópticos mais utilizados no nosso cotidiano.
Leonardo Da Vinci foi um dos primeiros a pensar em um modelo de lente de contato.
A invenção das lentes de contato
Uma ideia renascentista que atravessou os séculos até se tornar realidade.
Microscópio composto
Lentes de aumento e microscópios
As caraterísticas básicas das lentes de aumento e microscópios utilizados em laboratórios.
O telescópio Pan-starrs fica no topo do vulcão Haleakala, no Havaí
O telescópio
O telescópio é um instrumento que permite estender a capacidade dos olhos humanos em observar objetos longínquos.
Atribui-se a Descartes a descoberta da equação dos fabricantes de lentes
Equação dos fabricantes de lentes
Entenda as características básicas nas quais os fabricantes de lentes se baseiam para fabricar óculos.
É um corpo transparente com duas faces esféricas ou uma face esférica e outra plana
Centro óptico de uma lente
Veja aqui a definição de centro óptico de uma lente e aprenda a localizar o seu centro óptico.
A lupa é um instrumento óptico de aumento
Estudo analítico sobre as lentes esféricas
A distância focal e o tamanho da imagem fornecida pelas lentes esféricas são determinados, respectivamente, pelas Equações de Gauss e Equação do Aumento Linear.