Leptospirose

A leptospirose, ou doença do xixi de rato, é causada pela bactéria Leptospira interrogans. É uma zoonose (doença de animais) que ocorre no mundo inteiro e afeta pessoas de todas as idades e de ambos os sexos.

Esta zoonose acomete roedores e, de forma menos frequente, mamíferos silvestres, animais domésticos; e outros de importância econômica, como bois, cavalos, porcos, cabras e ovelhas. Estes, ao urinar, liberam leptospiras vivas, que podem contaminar a água e o solo. É por tal motivo que surtos desta doença tendem a ocorrer em épocas de enchente. Rede de esgoto precária, falta de drenagem da água das chuvas, coleta de lixo inadequada e inundações são condições favoráveis para o aparecimento de epidemias.

A infecção pode ser por via cutânea, por meio de ferimentos e fissuras; ou pelas mucosas do nariz ou da boca, principalmente pela ingestão de água e alimentos contaminados. O período médio de incubação da doença é de dez dias. Os sintomas, que aparecem entre dois a trinta dias após a infecção, incluem febre alta, dor de cabeça, dores musculares e articulares, náuseas, vômitos, aumento do fígado, hemorragias, lesões na pele e problemas respiratórios. Meningite e complicações renais e hepáticas podem se manifestar, com condições de levar o indivíduo a óbito - aproximadamente 20% dos doentes infectados.

O diagnóstico da doença não é fácil, em razão da variedade de sintomas comuns em outros quadros clínicos. Excluída a manifestação de outras doenças, a leptospirose é confirmada por meio de testes sorológicos.

O tratamento é feito com antibióticos, como a doxiciclina ou a penicilina. Em caso de dor e febre, não se utiliza medicamentos como ácido acetilsalicílico, pois podem aumentar o risco de sangramentos.

Quanto à prevenção, deve-se evitar contato com águas de esgoto, enchentes e alagamentos, bem como o contato com o solo sem luvas e botas de borracha. Também é importante não deixar lixo acumulado em casa e nas proximidades, para não atrair roedores. Os animais domésticos devem ser vacinados duas vezes ao ano e, caso seja constatada a doença em algum deles, é necessário informar a vigilância sanitária. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Bactéria responsável pela leptospirose.
Bactéria responsável pela leptospirose.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
A água está relacionada com o surgimento de várias doenças
Doenças relacionadas com a água
Entenda o que são as doenças relacionadas com a água e como elas são transmitidas!
Febres hemorrágicas
Entenda mais sobre febres hemorrágicas clicando aqui. Saiba quais são suas causas, sintomas e tratamento, bem como as doenças que fazem parte desse grupo.
Febre hemorrágica brasileira
Saiba mais sobre a febre hemorrágica brasileira. Aprenda qual é seu agente causador e tratamento. Conheça também seus sintomas, gravidade e grau de letalidade.
Imagem de alvéolos sadios e alvéolos inflamados
Pneumonia
Pneumonia, o que é pneumonia, o que a pneumonia provoca, os sintomas da pneumonia, o que a pneumonia causa, o tratamento para a pneumonia.
Tuberculose
Saiba mais sobre a tuberculose clicando aqui. Entenda o que é essa doença, como ela é transmitida, sintomas, tratamento e como se prevenir.
Manchas avermelhadas na pele (um dos sintomas da escarlatina).
Escarlatina
Escarlatina, Agente etiológico, Streptococcus pyogenes, Doença bacteriana, Infecção, Transmissão, Tosse, Espirro, Gotículas de saliva, Processo inflamatório, Secreção pruriginosa, Amídalas, Medidas preventivas.
Cárie
Cárie
Conheça o que é a cárie, suas causas e como prevenir