Whatsapp icon Whatsapp

Pobreza no Brasil

A pobreza no Brasil é uma realidade que vem crescendo amplamente nos últimos anos. A situação econômica e política e os fatores históricos são algumas causas desse problema.
Pessoa em situação de rua sentada em uma calçada em Belo Horizonte, Minas Gerais, uma das consequências da pobreza no Brasil.
O aumento da população em situação de rua é uma das consequências da pobreza. [1]

 A pobreza no Brasil é um fenômeno histórico que vem crescendo de forma significativa nos últimos anos. Os dados do IBGE apontam que em 2021, cerca de 62,5 milhões de brasileiros eram considerados pobres. As causas da pobreza no país envolvem fatores históricos, políticos e econômicos, e as regiões com o maior número de pobres no Brasil são Norte e Nordeste. São exemplos de consequências da pobreza o aumento da violência e da vulnerabilidade social.

Leia também: Violência no Brasil — outro problema relacionado ao contexto sócio-histórico do país

Resumo sobre a pobreza no Brasil

  • A pobreza é um conceito que envolve variáveis quantitativas e qualitativas que refletem a falta de acesso a serviços básicos para a população.

  • O IBGE aponta que as pessoas que recebem menos de US$ 5,50 por dia são classificadas como pobres.

  • O Banco Mundial define extrema pobreza como uma renda média por pessoa inferior a US$ 1,90 por dia.

  • A linha de pobreza e o índice de pobreza no Brasil são definidos por meio de estudos do IBGE.

  • A pobreza no Brasil envolve diversas causas, com destaque para a acentuada desigualdade social presente no país.

  • As regiões Norte e Nordeste do Brasil possuem a maior porcentagem de população pobre e extremamente pobre no país.

  • Os prejuízos ao desenvolvimento humano e à qualidade de vida das populações são consequências da pobreza.

O que é a pobreza?

Há diversas definições para o que é a pobreza dadas por diferentes organismos internacionais, dentre eles a Organização das Nações Unidas (ONU) e o Banco Mundial (BM). Essas instituições usam índices quantitativos, especialmente empregados em pesquisas econômicas, para avaliar o grau de pobreza de uma população.

No caso da ONU, uma pessoa é classificada como pobre quando possui uma renda inferior a US$ 1,25 por dia. Já o BM define extrema pobreza como um valor para uma pessoa inferior a US$ 1,90 por dia. Esse último valor é comumente adotado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que é o principal responsável pela medição da pobreza no Brasil.

Cabe ressaltar que o conceito de pobreza não é unânime e também possui um viés qualitativo. Tradicionalmente, a pobreza é apontada como a ausência de condições adequadas de vida de uma população. Ela está ligada à inacessibilidade aos serviços básicos para a sobrevivência humana, como alimentação e saúde.

Esse cenário impacta negativamente o cotidiano das populações, implicando graves consequências para o desenvolvimento humano, assim como o registro de indicadores deteriorados de qualidade de vida, como baixa expectativa de vida e alta mortalidade total e infantil dos agrupamentos humanos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Principais causas da pobreza no Brasil

A pobreza no Brasil envolve diversos condicionantes, relacionados principalmente às questões históricas, políticas e econômicas. Sendo assim, a principal causa da pobreza no Brasil é o fato de o território ter sido, no passado, uma colônia de exploração, cenário que marcou sua estratificação social, especialmente caracterizada pela elevada desigualdade social.

Dessa forma, a pobreza presente no território brasileiro é abrangente e envolve ainda diferentes especificidades do país, como:

  • acentuada concentração fundiária;

  • acelerado processo de urbanização;

  • êxodo rural das populações do campo;

  • falta de investimento em educação;

  • grande número de trabalhadores informais;

  • grande concentração de renda;

  • insuficiência de políticas de combate à pobreza.

Vista aérea de uma favela localizada no Brasil.
O êxodo rural e o crescimento urbano acelerados contribuíram para a pobreza no Brasil.

Índice de pobreza no Brasil

No Brasil, o índice de pobreza é delimitado pelo IBGE, com base em indicadores oferecidos pelo Banco Mundial.

  • Extrema pobreza: quando uma pessoa possui uma renda inferior a US$ 1,90 por dia. Esse valor, no câmbio atual, é próximo de R$ 168,00 por mês.

  • Pobreza: quando uma pessoa possui renda diária inferior a US$ 5,50 por dia, ou seja, aproximadamente US$ 486,00 por mês em valores atualizados.

Linha da pobreza no Brasil

A linha da pobreza vem aumentando de forma significativa no Brasil. Os últimos dados apresentados pelo IBGE, referentes ao ano de 2021, apontam que há cerca de 62,5 milhões de pessoas na pobreza, e 17,9 milhões de indivíduos desse grupo são classificados como pessoas em extrema pobreza. O levantamento chama a atenção ainda para o elevado número de crianças em situação de pobreza e para o crescimento da desigualdade social no país.

Extrema pobreza no Brasil

A extrema pobreza é classificada no Brasil pelo IBGE como uma renda diária inferior a US$ 1,90 por dia. Esse valor, em reais, é próximo de R$ 168,00 por mês. Conforme os dados elencados pelo instituto, no ano de 2021, no Brasil, havia 17,9 milhões de pessoas em extrema pobreza.

Esses números estão concentrados especialmente na região Norte e na região Nordeste do país. A extrema pobreza é o estágio mais baixo na classificação de pobreza, portanto representa o índice mínimo de renda de um indivíduo, que resulta em graves problemas em termos de saúde humana e qualidade de vida.

Locais mais pobres do Brasil

As localidades mais pobres do Brasil estão concentradas especialmente na região Norte e na região Nordeste do país. Os estados dessas regiões, especialmente os nordestinos, possuem índices de pobreza e extrema pobreza consideráveis, inclusive próximos à metade da população local.

Por sua vez, a região Sul e a região Centro-Oeste possuem os menores níveis de pobreza do Brasil. Já a região Sudeste, apesar dos números significativos de pobreza, ocupa uma posição intermediária em comparação às demais regiões brasileiras.

O gráfico abaixo, elaborado com dados do IBGE, aponta os dados de pobreza e pobreza extrema no Brasil, por regiões, em 2021:

Gráficos apontando a distribuição regional da população que vive na linha da pobreza no Brasil.
Gráficos produzidos com dados do IBGE. [2]

Veja também: Os 10 países mais pobres do mundo

Quais as consequências da pobreza no Brasil?

A pobreza resulta em graves consequências para uma população, com destaque para os prejuízos ao desenvolvimento humano e à qualidade de vida:

  • falta de alimentação adequada;

  • dificuldade de utilização dos serviços de saúde;

  • inadequação de moradias;

  • ausência de saneamento básico;

  • aumento da violência e da vulnerabilidade social;

  • crescimento da população em situação de rua e da informalidade;

  • aparecimento de doenças causadas pela falta de alimentação adequada;

  • preconceito e exclusão social em relação às pessoas pobres;

  • impacto no desenvolvimento econômico e social de um país.

Catador de materiais recicláveis em um córrego poluído, uma das consequências da pobreza no Brasil.
 A pobreza impacta negativamente a qualidade de vida dos indivíduos. [3]

Créditos de imagem

[1] Luis War / Shutterstock

[2] Paulo José Soares Braga | Mundo Educação

[3] cabuscaa / Shutterstock 

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A população da Região Norte
Conheça aspectos culturais e geográficos a respeito da população da região Norte.
Brasil
Aprenda mais sobre o Brasil. Conheça mais sobre seus aspectos geográficos, como vegetação, relevo, clima. Relembre quais são os seus estados e regiões.
Desigualdade Social
Desigualdade social: o que é, como mede, dados
Fome no Brasil
Clique aqui, saiba quais são as principais causas da fome no Brasil e entenda suas consequências.
Fome no mundo
Clique aqui, entenda a situação da fome no mundo, descubra quais são suas maiores causas e tipos e saiba quais são as consequências oriundas desse grave problema.
Meta Ambiental do Brasil
A meta ambiental do Brasil, suas reformulações e os seus principais avanços recentes.
Urbanização
Clique aqui e entenda o que é urbanização e como ocorre esse fenômeno. Veja os tipos de urbanização. Confira como esse processo ocorre no Brasil e no mundo.
Usina de Belo Monte
Entenda as características e as polêmicas na construção da Usina de Belo Monte.
Êxodo rural
Clique aqui, saiba quais são as causas e as consequências do êxodo rural e conheça suas principais características.