Whatsapp icon Whatsapp

Bahia

A Bahia é um estado da Região Nordeste do Brasil. A história do povoamento do território baiano está atrelada à chegada dos portugueses no Brasil, em 1500, quando se iniciou a colonização brasileira. A cidade de Salvador, capital da Bahia, foi também a primeira capital do Brasil.

Na atualidade, o estado é o quarto mais populoso do Brasil e possui uma ampla infraestrutura logística. A economia baiana é muito diversa, com bons níveis de geração de emprego e renda. Destacam-se a produção agrícola e a atividade industrial.

A geografia baiana é marcada pela influência do clima tropical. Os seus mais importantes elementos geográficos são a Chapada Diamantina e o Rio São Francisco. As altas temperaturas são típicas do estado e atraem muitos turistas, sobretudo para o litoral do Oceano Atlântico. A cultura baiana também é muito valorizada, tendo destaque o Carnaval e as diversas festas religiosas ao longo do ano. Na culinária, destacam-se o tempero baiano e pratos típicos, como o acarajé e o vatapá.

Leia também: Estados do Brasil — quais são, mapa e informações gerais

Dados gerais da Bahia

  • Região: Nordeste.

  • Capital: Salvador.

  • Governo: Rui Costa (2019-2022).

  • Área territorial: 567.295 km² (IBGE, 2019).

  • População: 14.930.634 habitantes (IBGE, 2020).

  • Densidade demográfica: 28,8 hab./km² (IBGE, 2010).

  • Fuso: UTC-3.

  • Clima: tropical.

Bandeira da Bahia, estado mais populoso da região Nordeste do Brasil.
Bandeira da Bahia, estado mais populoso da região Nordeste do Brasil.

História da Bahia

A Bahia é um estado de grande importância histórica para a Brasil. O processo de colonização do país se iniciou com a chegada dos portugueses no território baiano, mais precisamente no dia 22 de abril de 1500, na costa da atual cidade de Porto Seguro. O povoamento foi iniciado pela ocupação da costa e, a partir de 1534, os colonizadores começaram a desbravar o território interiorano baiano, por meio da criação de cinco capitanias hereditárias, que foram entregues para influentes portugueses da época.

A capital do estado, Salvador, foi fundada em 1549, sendo a primeira capital do Brasil, cenário que perdurou até 1763, com a mudança da capital nacional para o Rio de Janeiro. No período que perdurou do início da colonização brasileira até meados de 1700, a Bahia se consolidou como o principal centro político e econômico do Brasil. O estado se destacava na produção de pau-brasil e cana-de-açúcar. Porém, com a mudança da capital do Brasil para a Região Sudeste, a Bahia, assim como o Nordeste, perdeu grande parte do seu protagonismo no cenário brasileiro. Esse cenário culminou, inclusive, em uma tentativa de independência do território baiano, em 1798, chamada de Conjuração Baiana.

A partir da Independência do Brasil (1822) e da Proclamação da República (1889), a situação política baiana adquiriu maior estabilidade. Porém, mesmo assim, o estado foi palco de conflitos importantes, como a Revolta dos Malês (1835) e a Guerra de Canudos (1896), revoltas populares que desafiaram, sem sucesso, o poder central brasileiro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geografia da Bahia

A Bahia está localizada na Região Nordeste Brasil, sendo banhada na sua porção leste pelo Oceano Atlântico. O território baiano é o maior em área dentre os demais estados nordestinos e faz divisa com Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Piauí, Tocantins, Goiás, Minas Gerais e Espírito Santo.

O relevo baiano é formado por áreas de planície, próximas ao litoral, assim como formações de planaltos e depressões no interior, sendo muito comum a presença de chapadas e chapadões. A formação de relevo mais conhecida do estado é a Chapada Diamantina.

O ponto mais elevado da Bahia é o Pico do Barbado, que tem aproximadamente 2.000 metros de altitude. O principal rio do estado é o São Francisco, que, apesar de nascer em Minas Gerais, corta todo o território baiano, influenciando o clima, a vegetação e as atividades humanas da região. Os rios Paraguaçu e Contas são outros rios baianos de destaque.

A Chapada Diamantina é a principal forma de relevo da Bahia. É um planalto de alta atitude, vegetação de Cerrado e clima tropical de altitude.
A Chapada Diamantina é a principal forma de relevo da Bahia. É um planalto de alta atitude, vegetação de Cerrado e clima tropical de altitude.

Na Bahia, predomina-se o clima tropical. Nesse clima, há duas estações bem definidas, com um verão mais quente e um inverno mais ameno. Porém, formações de relevo locais contribuem para que nos pontos mais altos do estado haja a preponderância do subtipo climático tropical de altitude, que apresenta temperaturas mais amenas.

Já no sertão baiano, ocorre o subtipo tropical semiárido, influenciado pelas zonas de alta pressão da região. As áreas semiáridas são caracterizadas por temperaturas muito elevadas e pela irregularidade dos regimes de chuva.

A partir da influência dos tipos climáticos, a Bahia possui três grandes formações vegetais. As florestas tropicais estão presentes nas áreas mais úmidas, em especial no sul baiano, próximas ao litoral. A presença de formações de Mata Atlântica é muito comum nessa região.

Já o Cerrado ocorre no interior do estado, em áreas tipicamente tropicais, com duas estações bem definidas. Por sua vez, no sertão, predomina-se a vegetação de Caatinga, muito seca em razão dos grandes períodos de estiagem, típicos do semiárido.

Leia também: Polígono das Secas — região geográfica marcada pelo fenômeno da seca

Mapa da Bahia

Fonte: IBGE.
Fonte: IBGE.

Divisão geográfica da Bahia

A Bahia é um dos estados com maior área territorial do Brasil e é dividida politicamente em 417 municípios. Os municípios baianos, conforme critérios definidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estão agrupados em regiões intermediárias e imediatas. No total, a Bahia possui 10 regiões intermediárias e 33 regiões imediatas, conforme a divisão explicitada na tabela a seguir.

REGIÕES GEOGRÁFICAS INTERMEDIÁRIAS

REGIÕES GEOGRÁFICAS IMEDIATAS

Salvador

Salvador

Alagoinhas

Santo Antônio de Jesus

Santo Antônio de Jesus

Cruz das Almas

Valença

Nazaré — Maragogipe

Ilhéus — Itabuna

Ilhéus — Itabuna

Teixeira de Freitas

Eunápolis — Porto Seguro

Camacan

Vitória da Conquista

Vitória da Conquista

Jequié

Brumado

Ipiaú

Itapetinga

Guanambi

Guanambi

Bom Jesus da Lapa

Barreiras

Barreiras

Santa Maria da Vitória

Irecê

Irecê

Xique-Xique — Barra

Juazeiro

 

Juazeiro

Senhor do Bonfim

 

 

 

Paulo Afonso

Paulo Afonso

Ribeira do Pombal

Euclides da Cunha

Cícero Dantas

Jeremoabo

 

 

Feira de Santana

 

 

Feira de Santana

Jacobina

Itaberaba

Conceição do Coité

Serrinha

Seabra

Fonte: IBGE.

Demografia da Bahia

A Bahia possui quase 15 milhões de habitantes. É o quarto estado mais populoso do Brasil, com uma população predominantemente urbana, formada pelo processo de miscigenação entre brancos, índios e negros. A capital estadual, Salvador, é a maior cidade em população do estado e a quarta maior do Brasil, com cerca de três milhões de habitantes.

Além da capital, as cidades baianas que possuem mais de 100 mil habitantes são: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Itabuna, Lauro de Freitas, Teixeira de Freitas, Ilhéus, Barreiras, Jequié, Alagoinhas, Porto Seguro, Simões Filho, Paulo Afonso, Eunápolis e Santo Antônio de Jesus.

Economia da Bahia

A Bahia é a principal economia do Nordeste do Brasil. A sua economia é bastante diversificada e o estado possui um bom nível de industrialização. A maior parte das exportações baianas está concentrada no beneficiamento de produtos agrícolas e minerais. O setor primário do estado é formado pela elevada produção agrícola, em especial de produtos como manga, sisal, cacau, algodão, coco, banana e mamão.

A região sul baiana é conhecida pela grande produção de cacau. Já no oeste baiano, há muitas lavouras de monocultura de algodão e soja. No sertão da Bahia, nas margens do Rio São Francisco, predomina o cultivo irrigado de frutas. Na pecuária, o destaque é a criação de bovinos. Já no extrativismo, destaca-se a retirada de magnesita e talco, bem como de petróleo.

O cultivo irrigado de manga, na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, utiliza as águas do Rio São Francisco.
O cultivo irrigado de manga, na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, utiliza as águas do Rio São Francisco.

O setor secundário baiano, formado pelas indústrias, é muito forte, principalmente pela espacialização territorial de suas fábricas. O Polo Petroquímico de Camaçari, por exemplo, é o principal centro industrial do estado, onde estão concentradas as maiores unidades fabris baianas. As principais indústrias da Bahia são a petroquímica, automobilística, máquinas e equipamentos, bebidas, celulose, calçadista e vestuário.

O setor terciário também tem uma participação importante no estado, seja por meio dos comércios e serviços, em especial nos grandes centros, seja pelas atividades turísticas. A Bahia possui muitas cidades turísticas, como Salvador e Porto Seguro. As regiões da Costa do Sauipe e da Costa do Descobrimento possuem uma grande infraestrutura para receber visitantes, sendo o turismo a principal atividade dessas áreas litorâneas.

Leia também: Pernambuco — estado nordestino também conhecido por suas belas praias e ricas manifestações culturais

Governo da Bahia

O governo estadual da Bahia é formado pelo governador Rui Costa e pelo vice-governador João Leão, cujos mandatos vão de 2019 até 2022. Além do poder executivo estadual, há ainda a esfera legislativa estadual, representada por um grupo de 63 deputados. Já na esfera legislativa nacional, a Bahia é representa por um grupo de 39 deputados federais e 3 senadores.

Infraestrutura da Bahia

A Bahia possui uma das melhores infraestruturas dentre os estados nordestinos. O território baiano é cortado por várias rodovias federais e estaduais, que ligam o estado às demais regiões do Brasil.

No transporte aéreo, a Bahia possui 10 aeroportos, sendo o principal deles o Aeroporto Internacional de Salvador. O estado tem ainda quatro portos: três marítimos (Aratu, Ilhéus e Salvador), localizados no Oceano Atlântico, e um fluvial (Juazeiro), localizado no Rio São Francisco. As duas principais estradas de ferro do estado são a Bahia-Minas e a Leste Brasileira. Além da estrutura presente na atualidade, existem vários projetos previstos para o estado, com vistas a melhorar a rede logística baiana e fomentar o desenvolvimento econômico local.

Já em relação aos serviços públicos, a Bahia possui uma boa oferta de redes de educação, em especial de educação superior, composta por seis universidades federais, dois institutos federais e quatro universidade estaduais, além de particulares. A Universidade Federal da Bahia, por exemplo, foi pioneira no ensino de Medicina no Brasil.

Já a saúde é mais deficiente, em razão das dificuldades estruturais em atendimento, principalmente no interior do estado. O Sertão Baiano, por exemplo, é a região menos desenvolvida da Bahia, local onde a população encontra maiores dificuldade de acesso à saúde.

Leia também: Sergipe – menor estado em extensão territorial do Brasil

Cultura

A cultura baiana é uma das mais ricas e diversas do Brasil. O processo de colonização, atrelado à miscigenação e às influências da língua e da religião, culminou em um caldeirão cultural. A principal festa da Bahia é o Carnaval, considerado um dos maiores do país. O trio elétrico, por exemplo, é uma invenção baiana.

O cultivo irrigado de manga, na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, utiliza as águas do Rio São Francisco.
O cultivo irrigado de manga, na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, utiliza as águas do Rio São Francisco.

O acarajé é um dos principais produtos típicos da Bahia, sendo tradicionalmente produzido pelas baianas.

Além do Carnaval, outras festividades de destaque no estado são as festas religiosas, as festas juninas e as vaquejadas. O axé é um gênero musical tipicamente baiano, mas no estado há ainda músicos importantes de bossa-nova, samba e pagode.

A Bahia também possui muita tradição na literatura, com escritores de destaque, como Jorge Amado e Castro Alves; e também no cinema, com cineastas como Glauber Rocha e vários artistas de destaque nacional. O estado é destaque também na culinária, uma das mais valorizadas do Brasil, com pratos típicos como o acarajé, abará, vatapá, caruru e moqueca.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Alagoas
Clique e veja as características físicas e geográficas de Alagoas e entenda também os fatores históricos, políticos, territoriais e econômicos desse estado.
Amapá
Saiba mais sobre o estado do Amapá, localizado no extremo Norte do Brasil. Conheça aspectos naturais do território, leia sobre sua economia, história e cultura.
Caatinga
Conheça as principais características da Caatinga. Entenda mais sobre a sua vegetação, e veja quais são os principais impactos ambientais presentes nesse bioma.
Ceará
Saiba mais sobre as características geográficas do Ceará. Veja as principais informações sobre o território cearense, sua economia, seu governo e sua cultura.
Mapa de localização do complexo regional do Nordeste ¹
Complexo Regional do Nordeste
As características físicas, hidrográficas e humanas do Complexo Regional do Nordeste.
Espírito Santo
Conheça os aspectos geográficos do Espírito Santo. Saiba mais sobre o processo de ocupação histórica e de desenvolvimento econômico desse pequeno estado sudestino.
Maranhão
Clique aqui e conheça a geografia do Maranhão, localizado no Nordeste brasileiro. Descubra mais também sobre a história, economia e cultura do estado.
Paraíba
Conheça as características do território paraibano. Veja mais sobre os aspectos históricos e geográficos da Paraíba, assim como sobre as suas tradições culturais.
Pernambuco
Conheça as principais características geográficas de Pernambuco. Veja quais são as principais atividades econômicas, sociais e culturais presentes no estado.
Região Nordeste
Clique aqui e veja detalhes da geografia do Nordeste, seus aspectos econômicos, produção, agricultura, pecuária e turismo. Saiba também a história do Nordeste.
O Rio São Francisco representa um dos mais importantes cursos d'água do Brasil e especialmente da região Nordeste.
Rio São Francisco
Conheça um pouco mais sobre o Rio São Francisco. Saiba quais são seus principais afluentes, as polêmicas em torno da sua transposição e algumas curiosidades.
Rondônia
Conheça as principais características de Rondônia. Saiba mais sobre os aspectos culturais desse estado, assim como a sua ligação com a Floresta Amazônica.
Roraima
Saiba mais sobre os aspectos geográficos de Roraima. Veja quais são as características históricas, demográficas e econômicas do estado menos populoso do Brasil.
Bandeira de Salvador
Salvador
Saiba mais sobre a história da cidade de Salvador. Veja quais são os principais aspectos geográficos da cidade e exemplos da riqueza cultural soteropolitana.
Santa Catarina
Conheças as características de Santa Catarina. Veja quais são os setores de destaque da economia local. Saiba mais sobre os imigrantes que povoaram o estado.
Sergipe
Conheças as características geográficas de Sergipe. Saiba mais sobre o menor estado em extensão territorial do Brasil. Aprenda um pouco de sua história e cultura.
São Paulo
Veja os principais aspectos da geografia e da história de São Paulo. Entenda de que maneira o estado concentra as principais atividades econômicas do país.
video icon
Matemática
Como resolver questões de análise combinatória no Enem?
Nesta videoaula veremos uma revisão sobre análise combinatória: princípios fundamentais da contagem, permutação simples, permutação com repetição, permutação circular, arranjo simples e combinação simples. Além disso, veremos como caem questões desse assunto no Enem.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.