Whatsapp icon Whatsapp

Segregação socioespacial

Segregação socioespacial é um processo atrelado às desigualdades sociais nos espaços urbanos, evidenciado pela diferença habitacional. Também é chamado de segregação urbana.
Paisagem contrastante com grandes edifícios atrás de favelas, exemplo de segregação socioespacial.
A segregação socioespacial é um processo marcado pela desigualdade social.

  Segregação socioespacial ou segregação urbana é um processo caracterizado pela diferença socioeconômica das populações que é expresso pela questão habitacional. Ela ocorre, por exemplo, por meio da formação de comunidades irregulares em áreas próximo aos condomínios de luxo. A principal causa da segregação urbana é a desigualdade social. Há diversos tipos de segregação urbana, como, por exemplo, as populares favelas brasileiras. Esse processo gera consequências como o aumento da vulnerabilidade social. O Brasil possui várias cidades marcadas pela segregação urbana.

Leia também: Quais são as 20 cidades mais populosas do mundo?

Resumo sobre segregação socioespacial

  • A segregação urbana é um processo marcado pela diferença de padrões de construções habitacionais e de acesso aos serviços públicos nas cidades.

  • A causa central da segregação urbana é a questão socioeconômica, principalmente relacionada à elevada desigualdade social presente nas cidades.

  • Os condomínios fechados e as comunidades carentes são exemplos de processos de segregação urbana que ocorrem nas grandes cidades.

  • O Brasil, em razão do crescimento urbano acelerado e desordenado, tem como característica de suas grandes cidades a elevada segregação urbana.

  • É consequência do processo de segregação urbana o registro de inúmeros problemas ambientais e sociais nas grandes cidades e regiões metropolitanas.

Como ocorre a segregação socioespacial?

A segregação urbana acontece em razão da diferença social das formas de ocupação nas zonas urbanas. Em um caso típico das grandes metrópoles brasileiras, uma zona nobre de condomínios de alto padrão divide o espaço com áreas pobres formadas por habitações irregulares chamadas popularmente de favelas.

Vista aérea da Favela da Rocinha, um exemplo de segregação urbana.
Favela da Rocinha (RJ). O contraste da paisagem é um exemplo clássico de segregação urbana.

Esse cenário é um exemplo clássico de segregação urbana, ou seja, a diferença socioeconômica de ocupação espacial nos centros urbanos. A segregação refere-se ainda à oferta de serviços públicos, à estrutura de transportes e comunicações e às oportunidades de emprego e renda, que também ocorrem de forma desigual ao longo do espaço urbano.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que causa a segregação socioespacial?

A causa central da segregação urbana é a questão socioeconômica. A desigualdade social, amplamente presente nos centros urbanos, especialmente nas cidades grandes e médias dos países emergentes e em desenvolvimento, é uma característica central nesse processo. Os pontos abaixo apresentam as principais causas da segregação urbana:

  • processo acelerado e desordenado de crescimento dos centros urbanos;

  • ausência de políticas públicas nas áreas de habitação, emprego e renda;

  • dificuldade de obtenção de financiamentos para a compra de moradias;

  • falta de ações de planejamento urbano e territorial nas grandes cidades;

  • diminuta oferta de serviços públicos para a população, como as escolas;

  • elevada desigualdade social nas diferentes áreas das sociedades urbanas;

  • descaso com as legislações ambientais e a falta de ações de preservação.

Veja também: Explosão demográfica — o que é, o que causa e quais as consequências desse fenômeno

Tipos de segregação socioespacial

Há diversos tipos e exemplos de segregação urbana. Eles são mais comuns em grandes cidades e regiões metropolitanas, notadamente em países emergentes e em desenvolvimento, que vivenciaram um acelerado e desordenado processo de urbanização. São exemplos de tipos de segregação urbana:

  • construção de grandes condomínios fechados destinados à população de alta renda;

  • edificação de prédios comerciais e residenciais voltados para populações mais abastadas;

  • expansão de ocupações irregulares conhecidas popularmente como favelas, especialmente em áreas de elevada vulnerabilidade ambiental;

  • crescimento de moradias precárias, cortiços, invasões habitacionais e outras formas de habitação nas áreas urbanas das cidades.

Segregação socioespacial no Brasil

O Brasil é um exemplo de país que vivenciou um rápido crescimento urbano, especialmente ao longo da segunda metade do século XX, com o registro de processos como a industrialização. Esse crescimento foi marcado ainda pelo fenômeno do êxodo rural, ou seja, pela saída da população do campo para as cidades.

A chegada de um grande contingente populacional nos centros urbanos resultou no crescimento espacial desordenado das cidades brasileiras, fortemente marcadas pela presença de habitações irregulares como as favelas, além da ausência de projetos de planejamento urbano e de políticas públicas para a população local. Logo, tal cenário resultou de forma ampla na segregação urbana encontrada atualmente nas cidades brasileiras.

Vista aérea de Salvador, onde se constata a presença de segregação socioespacial.
O processo de segregação urbana é visto em grandes cidades brasileiras, como Salvador (BA). [1]

São exemplos desse processo a notória separação espacial por meio da concentração de renda nas grandes cidades do país, como a proximidade entre condomínios fechados de alto luxo e comunidades formadas por moradias irregulares, ou ainda bairros com elevado índice de desenvolvimento humano vizinhos de ocupações precárias e carentes conhecidas como favelas.

Consequências da segregação socioespacial

Assim como uma de suas principais causas, a segregação urbana tem como uma de suas principais consequências a desigualdade social, visto que ela é marcada pela ausência de serviços públicos básicos, que resulta na perpetuação do ciclo de pobreza das comunidades mais carentes. Os pontos abaixo explicitam as principais consequências da segregação urbana:

  • dificuldade de acesso aos serviços públicos pela população carente;

  • registro de problemas urbanos sociais, como a desigualdade social;

  • ocorrência de inúmeros problemas ambientais nos centros urbanos;

  • aumento da violência e da vulnerabilidade social nas áreas urbanas.

Saiba mais: O que é uma região metropolitana?

Exercícios resolvidos sobre segregação socioespacial

Questão 1

(Enem 2017)

A configuração do espaço urbano da região do Entorno do Distrito Federal assemelha-se às demais aglomerações urbanas e regiões metropolitanas do país, onde é facilmente identificável a constituição de um centro dinâmico e desenvolvido, onde se concentram as oportunidades de trabalho e os principais serviços, e a constituição de uma região periférica concentradora de população de baixa renda, com acesso restrito às principais atividades com capacidade de acumulação e produtividade, e aos serviços sociais e infraestrutura básica.

CAIADO, M. C. A migração intrametropolitana e o processo de estruturação do espaço urbano da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno. In: HOGAN, D. J. et al. (Org.). Migração e ambiente nas aglomerações urbanas. Campinas: Nepo/Unicamp, 2002.

A organização interna do aglomerado urbano descrito é resultado da ocorrência do processo de

a) expansão vertical.

b) polarização nacional.

c) emancipação municipal.

d) segregação socioespacial.

e) desregulamentação comercial.

Resolução: Alternativa D

O texto exemplifica a situação de Brasília, capital do Brasil, que é uma cidade extremamente segregada em termos urbanos, com registro de inúmeros bairros nobres próximo a comunidades de baixa renda.

Questão 2

(Enem 2021)

Esse processo concentra a população de renda mais elevada e maior poder político em áreas mais centrais e privilegiadas em termos de empregos, infraestrutura básica e serviços sociais. Ao mesmo tempo, redistribui a população menos favorecida quanto a esses aspectos, constituindo uma ocupação periférica que se estende até os municípios limítrofes. Neles, as condições de acesso às áreas mais centrais são agravadas pelas grandes distâncias e pelas dificuldades relacionadas à eficiência do sistema de transporte.

CAIADO, M. C. S. Deslocamentos intraurbanos e estruturação socioespacial na metrópole brasiliense. São Paulo em Perspectiva, n. 4, out.-dez. 2005.

O texto caracteriza um estágio do processo de urbanização marcado pela

a) segregação socioespacial.

b) emancipação territorial.

c) conurbação planejada.

d) metropolização tardia.

e) expansão vertical.

Resolução: Alternativa A

O texto aborda o conceito de segregação socioespacial urbana por meio das diferenças entre as zonas centrais e periféricas, como, por exemplo, os serviços de transporte, que são mais precarizados nas regiões menos abastadas das cidades.

Créditos da imagem

[1] Joa Souza/ Shutterstock

Fontes

QCONCURSOS. Questões de Enem sobre Geografia. Qconcursos. Disponível em: https://www.qconcursos.com/questoes-do-enem/questoes?discipline_ids%5B%5D=73&q=segrega%C3%A7%C3%A3o%20.

SABOYA, R. Segregação espacial urbana. Urbanidades. Disponível em: https://urbanidades.arq.br/2009/05/14/segregacao-espacial-urbana/.

SUMMIT MOBILIDADE. Existe solução para a segregação urbana? Estadão. Disponível em: https://summitmobilidade.estadao.com.br/ir-e-vir-no-mundo/existe-solucao-para-a-segregacao-urbana/.

SUMMIT MOBILIDADE. Segregação socioespacial: o que é e quais são os impactos? Estadão. Disponível em: https://summitmobilidade.estadao.com.br/ir-e-vir-no-mundo/segregacao-socioespacial-o-que-e-e-quais-sao-os-impactos/.   

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A poluição nas grandes cidades
A poluição nas grandes cidades , O que é poluição nas grandes cidades, Como ocorre a poluição nas grandes cidades , Quando iniciou a poluição nas grandes cidades, O que contribui para a poluição nas cidades mundiais.
A qualidade do transporte público no Brasil e os protestos
Compreenda os problemas do transporte público no Brasil que vêm gerando uma série de protestos no país.
As 20 cidades mais populosas do mundo
Saiba quais são as 20 cidades mais populosas do mundo. Veja ainda quais são as 5 cidades mais populosas do Brasil e a diferença entre populoso e povoado.
Desigualdade Social
Desigualdade social: o que é, como mede, dados
Favelização
Saiba mais sobre a origem do processo de favelização e entenda suas principais causas e consequências. Veja também como se deu o processo de favelização no Brasil.
Lixo Urbano
O lixo urbano é um dos problemas ambientais ocasionados pelo aumento populacional. Confira!
Metrópole
Saiba quais são as principais características das metrópoles. Leia mais sobre os tipos existentes dessas formações urbanas. Veja quais são as metrópoles brasileiras.
O que é subdesenvolvimento?
O subdesenvolvimento, seus conceitos, suas causas e características.
Países emergentes
Saiba quais são as principais características e importância dos países emergentes. Entenda também o papel dos Brics e Mist nesse grupo.
Pobreza no Brasil
Clique aqui, saiba quais são as principais causas e consequências da pobreza no Brasil e compreenda a caracterização dos índices de pobreza no país.
Problemas da urbanização
Problemas da urbanização, Quais são os principais problemas da urbanização, Em que países há problemas devido à urbanização, As características dos Problemas da urbanização.
Problemas relacionados à moradia no Brasil
As condições da habitação no país.
Problemas sociais nas cidades do Brasil
Os principais problemas sociais presentes nas cidades brasileiras.
Urbanização
Compreenda o que é e como funciona o processo de urbanização, bem como os principais fatores concernentes a esse fenômeno.
Êxodo rural
Clique aqui, saiba quais são as causas e as consequências do êxodo rural e conheça suas principais características.
video icon
Frase "Redação nota 1000 | Desvalorização da ciência e fuga de cérebros no Brasil" escrita ao lado da silhueta de uma mulher de cabelos soltos
Português
Redação nota 1000 | Desvalorização da ciência e fuga de cérebros no Brasil
Quando a ciência não é valorizada em um país, pesquisadores tendem a buscar subsídios além das fronteiras. Nesta videoaula, discutiremos essa importante temática no cenário brasileiro e suas consequências para a sociedade. Fiquem ligados!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
Física
Aceleração centrípeta
Qual ação é exercida sobre o vetor velocidade? Descubra!
video icon
AI-5
História
AI-5
Que tal ficar por dentro de um dos Atos Institucionais mais famosos?