Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Inorgânica
  4. Classificação e nomenclatura dos sais

Classificação e nomenclatura dos sais

A classificação principal dos sais é feita de acordo com os tipos de íons que os compõem e a sua nomenclatura baseia-se também nessa classificação.

Os sais são compostos inorgânicos que em solução aquosa dissociam-se e formam íons. Destes, pelo menos um cátion não é o H+ e pelo menos um ânion não é o OH-. Além disso, um sal é formado por uma reação de neutralização entre um ácido e uma base. O elemento que forma o cátion do sal vem da base, e o elemento que forma o ânion do sal é proveniente do ácido.

Em virtude dessa definição e origem, a classificação dos sais é realizada de acordo com a natureza ou tipo de íons que os contituem. Dessa forma, os sais inorgânicos são classificados em neutros, ácidos (hidrogenossal), básicos (hidroxissal), duplos (mistos), hidratados e alúmens.

1 - Sal neutro ou normal: Com apenas um cátion e um ânion, ele é resultado de uma reação entre uma base e um ácido fortes ou entre uma base e um ácido fracos.

Exemplos:

  • NaCl: cátion → Na+ (vem do hidróxido de sódio, NaOH, uma base forte);
    ânion → Cl- (vem do ácido clorídrico, HCl, um ácido forte).

  • Na2SO4: cátion → Na+ (vem do hidróxido de sódio, NaOH, uma base forte);
    ânion → SO42- (vem do ácido sulfúrico, H2SO4, um ácido forte).

  • NH4CN: cátion → NH42+ (vem do hidróxido de amônio, NH4OH, uma base fraca);
    ânion → CO3-2 (vem do ácido cianídrico, HCN, um ácido fraco).

Esses sais são chamados de neutros porque, quando eles são adicionados à água, o pH do meio não sofre nenhuma alteração. Além disso, eles não liberam em solução aquosa cátion H+, que indica acidez, e nem ânion OH-, que indica basicidade.

2 - Sal ácido ou hidrogenossal: Esse tipo de sal é formado a partir de um ácido forte e uma base fraca, assim, em meio aquoso, ele diminui o pH da água, que fica menor que 7 (solução ácida), pois o cátion proveniente da base sofre hidrólise e há a formação dos íons H+ (ou H3O+).

Exemplos:

  • NH4Cl(s): cátion → NH42+ (vem do hidróxido de amônio, NH4OH, uma base fraca);
    ânion → Cl- (vem do ácido clorídrico, HCl, um ácido forte).

  • Al2(SO4)3: cátion → Al3+ (vem do hidróxido de alumínio, Al(OH)3, uma base fraca);
    ânion → SO42- (vem do ácido sulfúrico, H2SO4, um ácido forte).

  • NH4NO3: cátion → NH42+ (vem do hidróxido de amônio, NH4OH, uma base fraca);
    ânion → NO3- (vem do ácido nítrico, HNO3, um ácido forte).

3 - Sal básico ou hidroxissal: A formação desse sal é o contrário da anterior, isto é, ele é formado a partir de uma base forte e um ácido fraco, de modo que, em meio aquoso, forma íons hidroxila (OH) que tornam a solução básica (pH > 7).

Exemplo:

  • NaOOCCH3:

    Cátion → Na+ (vem do hidróxido de sódio, NaOH, uma base forte);
    Ânion → CH3COO– (vem do ácido etanoico, CH3COOH, H2CO3, um ácido fraco).

    No exemplo acima, o ânion acetato (CH3COO) hidrolisa-se em meio aquoso e forma o ácido acético e íons hidroxila (OH), o que torna a solução básica.

4. Sal Misto ou Duplo: Possui dois tipos de cátions e dois tipos de ânions diferentes do H+ e do OH-. Eles são provenientes de uma reação de neutralização parcial.

Exemplos:

  • KNaSO4: cátions →K+ e Na+; ânion → SO42-;

  • CaClBr: cátion → Ca+; ânions → Cl- e Br-;

  • Ca(NO3)Br: cátion → Ca+; ânions → NO3- e Br-.

5. Sal Hidratado: São aqueles que apresentam moléculas de água em sua estrutura cristalina sólida. Isso porque alguns sais são higroscópicos, ou seja, possuem a capacidade de absorver facilmente a água do ambiente.

Exemplo: CuSO4 . 5 H2O

6. Alúmen: São sais formados por dois cátions — um monovalente (com carga +1) e outro trivalente (com carga +3) —, um único ânion (o sulfato (SO42-)) e água de cristalização.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplo: KAl(SO4)2 . 12 H2O

Essa classificação dos sais é importante para a realização de sua nomenclatura, pois esta seguirá regras específicas para cada uma dessas classificações. Veja como é feita a nomenclatura dos sais inorgânicos:

1- Sais neutros:

Nome do ânion + de + nome do cátion

Exemplos:

NaCl = ânion (Cl- - cloreto) + de + cátion (Na+ - sódio) = cloreto de sódio;
Na2SO4= ânion (SO42- - sulfato) + de + cátion (Na+ - sódio) = sulfato de sódio;
CaCO3 = ânion (CO32- - carbonato) + de + cátion (Ca+ - cálcio) = carbonato de cálcio.

Quando o cátion pode adquirir mais de uma valência, basta indicar isso por números romanos ou acrescentar o sufixo “oso” para o de menor valência e o sufixo “ico” para o cátion de maior valência.

Exemplos:

FeSO4= sulfato de ferro II (ou sulfato ferroso);
Fe2(SO4)3 = sulfato de ferro III (ou sulfato férrico).

2- Sais duplos:

A única diferença é o acréscimo no final do nome dos dois cátions em vez de só um. No caso dos sais duplos que possuem dois ânions, coloca-se o nome dos dois no início.

Exemplos:

KNaSO4 = sulfato de sódio e potássio;

CaClBr = cloreto brometo de cálcio;

MgNO3Br = nitrato brometo de magnésio.

3- Hidrogenossais ou quando há hidrogênios na fórmula:

Prefixo que indica + hidrogeno + nome do ânion + de + nome do cátion
o número de hidrogênios                                                                                        
ligados ao ânion                                                                                      

Exemplos:

* NaHCO3 = monohidrogenocarbonato de sódio ou hidrogenocarbonato de sódio (seu nome no cotidiano é bicarbonato de sódio).
- Só possui um hidrogênio ligado ao ânion, então o prefixo é : mono (esse prefixo é o único que é opcional);
- hidrogeno;
- ânion = CO32- = carbonato;
-cátion = Na+ = sódio.

*FeHPO4 = monohidrogenofosfato de ferro ou hidrogenofosfato de ferro;
* KH2PO4 = di-hidrogenofosfato de potássio.

4- Hidroxissais ou quando há OH na fórmula:

Prefixo que indica + hidroxi + nome do ânion + de + nome do cátion
o número de hidroxilas               de hidrogênios                                        

Exemplos:

BaOHCl = monohidroxicloreto de bário;
Cu2(OH)2SO4 = di-hidroxisulfato de cobre II.

5. Sal Hidratado e alúmen:

Nome do sal         +         Prefixo que indica + hidratado
segundo as regras                 a quantidade de                          
anteriores                       moléculas de água                 

Exemplos:

*Sais hidratados:
CuSO4 . 5 H2O = sulfato de cobre II penta-hidratado;
CaCl2 . 2 H2O = cloreto de cálcio di-hidratado.

* Alúmen:
KAl(SO4)2 . 12 H2O = sulfato de potássio e alumínio dodeca-hidratado (conhecido popularmente como pedra-ume).

Existem vários tipos de sais inorgânicos que precisam ser classificados em grupos específicos para serem estudados
Existem vários tipos de sais inorgânicos que precisam ser classificados em grupos específicos para serem estudados
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(MACK-SP) Os nomes corretos das substâncias de fórmulas NaHCO3 e NH4NO3 são, respectivamente:

a) carbonato de sódio e nitrato de amônio.

b) bicarbonato de sódio e nitrato de amônio.

c) carbonato ácido de sódio e nitrito de amônio.

d) carbeto de sódio e nitrito de amônio.

e) bicarbonato de sódio e nitreto de amônio.

Questão 2

(UFPA) Entre os nutrientes inorgânicos indispensáveis aos vegetais, estão o Nitrogênio (para o crescimento das folhas), o Fósforo (para o desenvolvimento das raízes) e o Potássio (para a floração). Por isso, na fabricação de fertilizantes para o solo, são empregados, entre outros, os compostos KNO3, Ca3(PO4)2, e NH4Cl que são, respectivamente, denominados de:

a) nitrito de potássio, fosfito de cálcio e clorato de amônio.

b) nitrato de potássio, fosfito de cálcio e cloreto de amônio.

c) nitrito de potássio, fosfato de cálcio e cloreto de amônio.

d) nitrato de potássio, fosfito de cálcio e clorato de amônio.

e) nitrato de potássio, fosfato de cálcio e cloreto de amônio .

Mais Questões
Assuntos relacionados
A ilustração retrata fórmulas químicas de substâncias estudadas na Química Inorgânica
Definição de Química Inorgânica
Veja a definição antiga e a atual de Química Inorgânica, saiba diferenciá-la da Química Orgânica e entenda quais são as funções inorgânicas.
Peróxido de hidrogênio: utilizado na projeção de foguetes.
Aplicação dos óxidos
Óxidos, peróxido de hidrogênio, água oxigenada, clarificadores, alvejantes, óxido de cálcio, anti-séptico, Dióxido de carbono, Óxido de Cálcio, Óxido Nitroso, Dióxido de Enxofre, Monóxido de Carbono.
Alguns sais duplos são utilizados na produção de fertilizantes agrícolas
Nomenclatura de sais duplos
Conheça e aprenda as regras de nomenclatura de sais duplos por meio de exemplos práticos!
A combinação de dois sais diferentes resulta em uma dupla troca entre sais
Reações de dupla troca entre sais
Clique e aprenda como proceder para saber se uma reação de dupla troca entre sais ocorre visualmente ou não.
Representação da dissociação do cloreto de amônio
Equação de dissociação de sais
Veja diversos exemplos que demonstram como montar uma equação de dissociação de sais!
Produção de gás em uma reação química de dupla troca
Reações de dupla troca entre sal e ácido
Conheça os critérios para determinar o aparecimento de alterações visuais em reações de dupla troca entre sal e ácido.
Tópicos importantes sobre ácidos no Enem
6 tópicos fundamentais sobre ácidos no Enem
Veja quais são os seis tópicos fundamentais sobre ácidos que você precisa saber antes de fazer o Enem!
O cloreto de sódio é um sal que apresenta caráter neutro
Caráter dos sais
Clique e aprenda a determinar o caráter dos sais, ou seja, se eles são básicos, ácidos ou neutros, por meio de uma explicação detalhada e exemplos!
Ácidos inorgânicos podem ser obtidos a partir de reações com óxidos
Reações químicas com óxidos
Clique e aprenda quais são as reações químicas que envolvem a participação dos óxidos e os possíveis produtos formados em cada uma delas.
O cloreto de sódio é um exemplo de sal solúvel
Solubilidade dos sais
Clique e aprenda a classificar os sais inorgânicos quanto à solubilidade em água, isto é, se solúveis ou praticamente insolúveis.
O Magnésio é o metal presente nos compostos de Grignard
Compostos de Grignard
Clique e conheça as características, a regra de nomenclatura e a principal utilização dos compostos de Grignard.
O ácido sulfúrico pode ser obtido a partir de reações com óxidos ácidos
Reações com óxidos ácidos
Clique e conheça quais são os reagentes e também os possíveis produtos utilizados nas reações com óxidos ácidos.
Bicarbonato de sódio é o nome de um famoso sal hidrogenado
Nomenclatura de sais hidrogenados
Clique e aprenda como é realizada a nomenclatura de sais hidrogenados e também como construir a fórmula desses sais a partir de seus nomes.
O sal sulfato de magnésio pode ser obtido em reações com óxidos básicos
Reações com óxidos básicos
Conheça quais são os principais reagentes e os possíveis produtos formados nas reações com óxidos.
Exemplo clássico da nomenclatura de um peróxido
Nomenclatura dos peróxidos
Descubra como é feita a nomenclatura de um peróxido e conheça alguns exemplos da aplicação dessa regra.
Sal sintetizado para o combate a células tumorais
Nomenclatura de sal hidroxilado
Clique e aprenda a regra de nomenclatura para um sal hidroxilado. Conheça ainda alguns exemplos que demonstram essa regra, que é semelhante à usada para os sais comuns, mas que apresenta as particularidades referentes a essas substâncias, como o prefixo hidróxi e a necessidade indicar a carga do cátion no nome do sal.
Etapas da ionização
Dissociação e Ionização
Svant August Arrhenius, dissociação iônica, ionização, condutividade elétrica, compostos iônicos, soluções aquosas, sal de cozinha, soda cáustica, corrente elétrica, dissociação iônica.
Flor de Hibisco: indicador ácido-base
Características e nomenclatura das Bases
Bases, dissociação iônica, hidróxido de sódio, hidróxido de cálcio, hidróxido de alumínio, íons, cátion, ânion, hidróxido de ferro, hidróxido de cobre, sabor adstringente.
Utilizamos o sal para salgar alimentos.
Os sais
Sais, compostos iônicos, cloreto de sódio, sal de cozinha, cátion, ânion, base forte, ácido forte, hidróxido de sódio, ácido clorídrico, reação de neutralização, sabor salgado, dicromato de potássio, salinas, Sulfato de cobre.
O ímã é composto por óxidos duplos
Classificação dos óxidos
Classificação dos óxidos, compostos binários, oxigênio, Óxidos básicos, óxidos ácidos, óxidos neutros, óxidos anfóteros, óxidos mistos, peróxidos, carga elétrica, caráter iônico, caráter covalente, ametais.
Embalagem contendo Zyklon B.
Cianeto de potássio
Composto químico que contém o grupo ciano, gás altamente tóxico, gás cianídrico, Zyklon B, Cianureto de potássio, cianeto de potássio, substância hematóxica, cianoacrilato, Segunda Guerra Mundial.
Carbonetos
Carbonetos, sais binários contendo carbono e características inorgânicas, óxidos metálicos, Carbonetos Covalentes, Carbonetos Iônicos, maçaricos oxi-acetilênicos, carboneto de silício, carboneto de cálcio, carboneto de boro.
Íons
Clique aqui e entenda o que são os íons negativos e os íons positivos!
Segredo de uma boa limonada: neutralização.
Obtenção de sais
Qual o produto da junção de um ácido e uma base?
Bicarbonato de sódio clareia dentes
Bicarbonato de sódio
Como esse composto é aplicado em diferentes funções?
Cristais de Cloreto de Sódio
Cloreto de sódio
Confira aqui algumas características do cloreto de sódio, veja também como é sua estrutura.
Como se classifica um sal?
Tipos de Sais
Classificação dos sais quanto à natureza de seus íons.
Sais de banho
Sal por toda parte
Conheça vários sais e onde são aplicados.
Azia: reação de neutralização resolve.
Reação de neutralização
Como ela se faz presente em nosso corpo?
Alumínio liquefeito.
Obtenção do Alumínio
Conheça o processo que permite obter o metal puro.
Classificação das Bases
Como a solubilidade se relaciona com o grau de dissociação de bases.
O sal, como todo composto iônico, apresenta-se na forma de um retículo cristalino
Características e Propriedades dos Compostos Iônicos
A forte ligação de natureza elétrica entre os íons dos compostos iônicos produz aglomerados com formas geométricas bem definidas, que são responsáveis por suas propriedades.
Arrhenius realizou experimentos sobre ionização e dissociação iônica
Conceito de ácido, base e sal pela teoria de Arrhenius
Segundo o conceito de Arrhenius, em solução aquosa os ácidos produzem como cátion somente o hidrogênio, as bases produzem como ânion somente a hidroxila e os sais geram íons diferentes destes.
Cada sal inorgânico possui fórmulas químicas diferentes, que indicam os elementos que o constituem e as proporções destes
Fórmulas dos sais
As fórmulas dos sais são formadas através da troca das cargas dos íons, passando-as aos índices, mas de modo invertido.
É importante classificar os reagentes ácidos usados em laboratórios químicos, entre outros fatores, por questão de segurança e para manuseá-los melhor
Classificação dos ácidos
Descubra quais são os quatro critérios de classificação dos ácidos e como determinar a sua força.
São quatro as funções inorgânicas principais: ácidos, bases, sais e óxidos
Funções Inorgânicas
Conheça o conceito de funções inorgânicas, o que diferencia ácidos, bases, sais e óxidos e o que é a Teoria da Dissociação Iônica de Arrhenius.
Os sais inorgânicos são muito utilizados no dia a dia
Principais sais inorgânicos
Veja as principais características, fontes de obtenção e as aplicações dos sais inorgânicos mais importantes do nosso cotidiano.
O carbonato de cálcio está presente nos recifes de corais
Carbonato de Cálcio
Conheça as fontes de obtenção do carbonato de cálcio e quais são suas principais aplicações.
Existem vários tipos de sais estudados em Química Inorgânica
Classificação dos Sais
Entenda mais a respeito da classificação dos sais através deste texto.
Uma reação de neutralização total ocorre entre ácidos e bases
Reação de Neutralização Total
Entenda como ocorre uma reação de neutralização total entre ácidos e bases.
Na neutralização parcial, o meio não ficará neutro e o pH não será igual a 7
Reação de Neutralização Parcial
Aumente seus conhecimentos sobre reações inorgânicas lendo esse texto sobre reação de neutralização parcial entre ácidos e bases.