Whatsapp icon Whatsapp

Campo Grande

O município de Campo Grande, conhecido como “Cidade Morena”, é a capital do estado de Mato Grosso do Sul. É a terceira cidade em população do Centro-Oeste do Brasil.
Bandeira de Campo Grande
Bandeira de Campo Grande

   Campo Grande é a capital do estado do Mato Grosso do Sul. Está situada na porção central estadual, em uma zona geográfica caracterizada pelo tipo climático tropical e pela vegetação de Cerrado. O município foi fundado por imigrantes provenientes de outros estados brasileiros que buscavam novas terras favoráveis ao desenvolvimento de atividades agropecuárias. Na atualidade, a cidade conta com cerca de 900 mil habitantes.

Economicamente, o setor terciário é o principal do município, como as atividades de comércio e serviços. A indústria e a agropecuária também têm um papel de destaque na economia da cidade.

Além disso, a cidade conta com uma infraestrutura moderna e bastante desenvolvida. Em termos culturais, guarda influências de vários povos, com destaque para europeus, japoneses e indígenas.

Leia também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo

  • A cidade de Campo Grande foi fundada em 1872, por meio da imigração de paulistas e mineiros para a fronteira sudoeste brasileira, em busca de terras férteis.

  • O solo encontrado no município possui alta fertilidade e uma coloração avermelhada. Essa característica pedológica resultou no apelido de Campo Grande, a “Cidade Morena”.

  • O cenário econômico do município é marcado pelas atividades terciárias, como a administração pública, o comércio e os serviços, além do ecoturismo.

  • O município conta com fábricas de beneficiamento de produtos primários e atividades agropecuárias, como lavouras de soja e criação de gado leiteiro.

  • A cidade de Campo Grande é a terceira maior em população do Centro-Oeste e a mais populosa do estado de Mato Grosso do Sul.

  • A divisão administrativa campo-grandense contempla sete grandes regiões, que estão divididas em 79 bairros.

  • A culinária local é caracterizada por pratos como o nhoque de mandioca com carne-seca. A bebida tradicional da cidade é o tererê.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Campo Grande

Localização de Campo Grande

  • País: Brasil.

  • Unidade federativa: Mato Grosso do Sul.

  • Região intermediária: Mato Grosso do Sul.

  • Região imediata: Mato Grosso do Sul.

  • Região metropolitana: não há.

  • Municípios limítrofes: Jaguari, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos.

Geografia de Campo Grande

  • Área total: 8.082,978 quilômetros quadrados.

  • População total: 906.092 habitantes.

  • Densidade demográfica: 97,22 habitantes/quilômetro quadrado.

  • Gentílico: campo-grandense.

  • Clima: tropical.

  • Altitude: 592 metros.

  • Fuso horário: UTC-4.

Histórico:

  • Fundação: 21 de junho de 1872.

Leia também: Região Centro-Oeste — dados gerais da região brasileira marcada pela agricultura e pecuária

História de Campo Grande

O povoamento da região da cidade de Campo Grande foi iniciado no final do século XIX, a partir do estabelecimento de imigrantes de outras regiões do Brasil, como paulistas e mineiros. A construção da cidade derivou justamente desses primeiros grupos de imigrantes, que, em busca de terras férteis para o desenvolvimento de atividades agropecuárias, começaram a construção de uma pequena infraestrutura urbana na região. A cidade foi fundada em 1872, inserida nesse contexto de ocupação da região central do atual território do Mato Grosso do Sul.

A partir do século XX, o município começou a receber um maior número de imigrantes, incluindo europeus e asiáticos, que buscavam terras para a instalação de propriedades agrícolas. A ligação terrestre da cidade de Campo Grande via ferrovia com o interior do estado de São Paulo fomentou esse movimento de imigração.

Ademais, nesse mesmo período, em um contexto de crescimento econômico da cidade, surgiu o ideal de divisão do estado de Mato Grosso. Em 1977, com a criação do estado do Mato Grosso do Sul, Campo Grande tornou-se oficialmente a capital do novo estado, em razão da sua centralidade econômica e política em toda a região sul-mato-grossense.

Monumento Maria Fumaça em Campo Grande, Mato Grosso do Sul
O Monumento Maria Fumaça ressalta a importância histórica da ferrovia para a cidade de Campo Grande. [1]

Geografia de Campo Grande

A cidade de Campo Grande está situada na porção central do território do Mato Grosso do Sul, um dos três estados que formam a Região Centro-Oeste do Brasil. O sítio urbano está situado em uma zona de relevo suave, do tipo planáltica, marcada pela feição geomorfológica da Serra do Maracaju.

O solo encontrado na cidade é do tipo latossolo vermelho-escuro e roxo. Essa característica pedológica resultou na alcunha de “Cidade Morena” para o município. No subsolo da cidade, está localizada parte do Aquífero Guarani, importante reserva de água subterrânea do território brasileiro. Já o principal rio campo-grandense é o Anhanduí. Além desse, a cidade conta com vários pequenos cursos de água, como o Prosa e o Segredo. Nas margens da confluência desses dois córregos, foi fundado o município de Campo Grande.

O clima da cidade de Campo Grande é o tropical. Esse tipo climático é caracterizado pela ocorrência de duas estações do ano bem definidas: uma mais quente e úmida, notadamente o verão; e outra menos chuvosa e mais amena, o inverno.

No inverno, a cidade de Campo Grande registra temperaturas mais baixas, em especial devido à atuação de massas de ar polares provenientes da porção sul do território brasileiro. Ademais, o clima da cidade é marcado ainda pela grande amplitude térmica, em razão do fenômeno da continentalidade. A vegetação de Campo Grande é tipicamente de Cerrado. A cidade, apesar do grande crescimento urbano, possui áreas preservadas de campos de Cerrado na zona rural.

Leia também: Por que o Cerrado é considerado o berço das águas brasileiras?

Mapa de Campo Grande

Mapa do estado do Mato Grosso do Sul com destaque para a localização de Campo Grande
Mapa do estado do Mato Grosso do Sul com destaque para a localização de Campo Grande

Demografia de Campo Grande

A cidade de Campo Grande é a terceira maior em população do Centro-Oeste, logo depois de Brasília (DF) e Goiânia (GO), com um número de habitantes próximo de 900 mil pessoas. No contexto sul-mato-grossense, é o principal centro demográfico do estado e polo de atração da população do interior.

A densidade demográfica de Campo Grande é mediana, em razão do extenso território da cidade, sendo menor que grande parte das demais capitais brasileiras. O município registra um elevado índice de desenvolvimento humano. Porém, como notório nas grandes cidades brasileiras, a desigualdade social entre a população é elevada. A religião mais praticada pelos campo-grandenses é o cristianismo, com destaque para o catolicismo e o protestantismo.

O crescimento demográfico local tem se mantido constante nas últimas décadas, e o incremento populacional registrado está ligado ao elevado número de imigrantes que se instalaram na cidade. Na atualidade, a maior parte desses imigrantes é proveniente de outras regiões do Brasil, além de países próximos de Mato Grosso do Sul, como Bolívia e Paraguai.

Ao longo do século XX, a cidade de Campo Grande recebeu imigrantes de várias porções do globo, como europeus e asiáticos, que formam a composição demográfica local. Os descendentes de japoneses, por exemplo, formam um contingente populacional importante no município. Ademais, há ainda os descendentes da população nativa, marcada pelos indígenas que habitavam a região antes da chegada dos primeiros desbravadores.

Economia de Campo Grande

A economia de Campo Grande está baseada no setor terciário. As principais atividades desenvolvidas no município são a administração pública, o comércio e os serviços. A cidade é o principal polo de serviços para a população do estado do Mato Grosso do Sul. Além disso, é o principal centro logístico estadual. No mais, o setor terciário municipal possui ainda atividades relacionadas ao turismo, principalmente ao ecoturismo, uma vez que Campo Grande é uma das rotas para a visitação do Pantanal.

O setor secundário, apesar da menor participação na economia local, é bastante diversificado, com destaque para indústrias gráficas, alimentícias, têxteis e moveleiras. O beneficiamento de produtos primários é umas das principais atividades industriais da cidade, como os laticínios, os frigoríferos e as fábricas de bebidas diversas.

Já o setor primário, ao contrário da maior parte das capitais estaduais brasileiras, possui uma participação significativa na economia municipal. A agricultura, com destaque para os cultivos de soja, milho, arroz, trigo e mandioca, e a pecuária, por meio da criação de gado, são as principais atividades primárias da cidade. No município, há ainda uma grande produção de leite, mel e ovos.

Leia também: Tipos de agricultura — as formas de cultivo existentes

Infraestrutura de Campo Grande

A cidade de Campo Grande é uma das capitais brasileiras com infraestrutura mais nova e moderna, já que se trata de um município relativamente novo para os padrões brasileiros. Ademais, o crescimento da cidade foi calcado em estratégias de planejamento urbano e no desenvolvimento de uma boa infraestrutura de mobilidade e serviços para a população.

No mesmo sentido, o acesso ao saneamento básico, energia e telecomunicações é praticamente universal na cidade. As redes públicas de saúde e educação também possuem uma cobertura espacial satisfatória. O município de Campo Grande é conhecido ainda pelo grande volume de ruas arborizadas e também pela presença de vários parques públicos.

Vista aérea da cidade de Campo Grande
A cidade de Campo Grande é um dos municípios mais arborizados do Brasil.

Em termos de infraestrutura de transportes, a cidade conta com três aeroportos, dois de menor porte e o Aeroporto Internacional de Campo Grande, responsável pela ligação da cidade com regiões de maior distância.

O transporte rodoviário é o principal do município, utilizado para pequenas e médias distâncias. A cidade é cortada por três rodoviais federais, além de várias rodovias estaduais. O Terminal Rodoviário de Campo Grande é o responsável pelo transporte intermunicipal entre a capital e vários municípios brasileiros.

Ademais, a cidade ainda é cortada internamente por grandes avenidas, que possibilitam a ligação de diferentes regiões. Em termos administrativos, Campo Grande está dividida em 79 bairros, que formam as sete grandes regiões da cidade.

Governo de Campo Grande

A cidade de Campo Grande, em razão da estrutura de poder definida pelos documentos constitucionais brasileiros, está dividida em termos governamentais no regime de Três Poderes. Dessa maneira, há o Poder Judiciário, que compreende as unidades de Justiça; o Poder Executivo, formado pelo prefeito e sua equipe; e o Poder Legislativo, composto por 29 vereadores. Os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores são escolhidos por meio do voto direto da população campo-grandense de 4 em 4 anos.

Cultura de Campo Grande

A cultura de Campo Grande é bastante diversificada, devido ao fato de a cidade receber ao longo da sua história fluxos de imigrantes de diversas regiões do Brasil e também do mundo. O Monumento Carro de Boi, por exemplo, ressalta a importância da população imigrante de outros estados brasileiros para a construção da cidade. Já na Praça da República de Campo Grande, estão dispostos símbolos da cultura japonesa, que é muito presente no município, devido à porcentagem significativa de descendentes de imigrantes japoneses na população local. Por sua vez, o Parque das Nações Indígenas homenageia as populações tradicionais, que contribuíram ativamente para a construção da cidade. O artesanato indígena, inclusive, é uma das principais expressões da cultura local, com destaque para a confecção de esculturas em madeira.

Em termos de manifestações artísticas e demais festividades, a cidade de Campo Grande possui um grande festejo de Carnaval, tipicamente brasileiro, além da Festa de São Sebastião, fruto da influência europeia de origem católica, e o Festival Bon Odori, que comemora as tradições japonesas na cidade.

A culinária local é caracterizada por pratos como nhoque de mandioca com carne-seca, churrasco e chipa, um tipo de pão de queijo. A bebida tradicional da cidade é o tererê. No município realizam-se ainda vários eventos de automobilismo. O futebol e os esportes automotores são as práticas esportivas mais apreciadas pelos campo-grandenses.

Créditos da imagem

[1] Dasayev Diogo / Shutterstock.com   

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Capitais do Brasil
Quais são as capitais mais ricas do Brasil? E as mais populosas? Conheça as capitais dos estados e leia a história dos municípios que foram sede do governo federal.
Mapa da Região Centro-Sul do Brasil
Complexo Regional Centro-sul
Os aspectos físicos, hidrográficos, climáticos, econômicos e populacionais da região centro-sul.
Bandeira de Curitiba.
Curitiba
Saiba mais sobre as principais características da cidade de Curitiba. Veja aspectos relacionados à geografia, à economia e à infraestrutura da capital paranaense.
Bandeira de Florianópolis
Florianópolis
Saiba mais sobre os aspectos geográficos de Florianópolis. Veja as principais informações relacionadas aos aspectos físicos e culturais da capital catarinense.
Mato Grosso do Sul
Conheça o Mato Grosso do Sul, estado brasileiro originado do desmembramento do Mato Grosso. Veja os principais aspectos do território sul-mato-grossense.
Pantanal
Clique e veja as características da região do Pantanal, como seu clima, relevo, vegetação e hidrografia. Confira também os impactos ambientais na região pantaneira.
Bandeira de Porto Alegre.
Porto Alegre
Conheças as principais características geográficas de Porto Alegre. Entenda o processo de formação do município. Veja os dados demográficos e econômicos da cidade.
Região Centro-Oeste
Conheça os aspectos físicos e humanos da região Centro-Oeste. Saiba mais sobre a geografia centro-oestina e faça exercícios sobre as características dessa região.
video icon
Biologia
Especiação
Especiação envolve vários acontecimentos ou processos que resultam na formação de novas espécies. Essa sucessão de eventos por meio da qual surgem novas espécies pode estar relacionada a vários tipos de isolamentos diferentes, como o isolamento geográfico ou reprodutivo.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.