Whatsapp icon Whatsapp

Albânia

A Albânia é um país da Europa localizado na península dos Bálcãs, sendo banhado pelo mar Adriático a oeste. Possui clima predominantemente mediterrâneo e um terreno acidentado, com a presença de grandes montanhas na porção leste, o que condiciona a concentração da população nas áreas opostas.

Sua economia é considerada uma das mais pobres do continente. O setor com maior participação é o terciário, com destaque para as atividades turísticas, não obstante a concentração de mão de obra dê-se no setor agrícola. Neste, o país é conhecido pela produção de frutas, azeitona e azeite.

A história da Albânia é marcada por uma série de invasões estrangeiras que perduraram mesmo após a sua independência, em 1912. Muitas influências de outros países são encontradas na sua cultura, como na religiosidade e nos idiomas e dialetos falados.

Leia também: França – país considerado como um dos principais centros culturais do mundo

Dados gerais da Albânia

  • Nome oficial: República da Albânia
  • Gentílico: albanês
  • Extensão territorial: 28.748 km2
  • Localização: Europa
  • Capital: Tirana
  • Clima: mediterrâneo
  • Governo: república parlamentarista, sendo Ilir Meta o atual presidente (desde 2017) e Edi Rama o primeiro-ministro (desde 2013).
  • Divisão administrativa: municípios
  • Idioma: albanês
  • Religiões:

            - islamismo (66,71%)

            - cristianismo (20,71%)

            - bahá'í (0,25%)

            - ateus (3,15%)

            - não religioso (5,06%)

  • População: 2.878.000 habitantes (ONU, 2020)
  • Densidade demográfica: 105 hab/km² (ONU, 2020)
  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,795
  • Moeda: Lek (ALL)
  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 15.059.000.000
  • PIB per capita: US$ 5.223,80
  • Gini: 0,332
  • Fuso horário: GMT +1
  • Relações exteriores:

            - Banco Mundial

            - Fundo Monetário Internacional (FMI)

            - Organização Internacional do Trabalho (OIT)

            - Organização das Nações Unidas (ONU)

            - Organização Mundial do Comércio (OMC)

            - Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geografia da Albânia

A Albânia é um país pertencente à Europa, situado na península Balcânica, no sudeste do continente. Limita-se, a norte, com Montenegro e, a oeste, com Kosovo e Macedônia. A sudeste, a Albânia faz fronteira com a Grécia. Com uma costa de 362 km, o país é banhado pelo mar Adriático, o qual separa o território albanês do italiano pelo Estreito de Otranto, ao sul. Ao extremo sul da costa albanesa, localiza-se o mar Jônico.

Um dos principais fatores climáticos do país é a maritimidade, condicionando clima do tipo mediterrâneo. Sendo assim, possui duas estações bem definidas: o verão, caracterizado pelas altas temperaturas e baixa pluviosidade, e o inverno, marcado pelo aumento das chuvas e queda das temperaturas, o que deixa o tempo ameno.

Com exceção da faixa litorânea, dominada pelas planícies, o terreno onde se situa a Albânia é bastante acidentado e marcado pela presença de montanhas bem como de planaltos nas porções centrais do território. A altitude média é de 700 metros. O leste do país, sobretudo nas áreas de fronteira, abriga as maiores elevações, das quais se destaca o monte Korab, com 2.764 metros de altitude.

Vista de Tirana, capital da Albânia. [1]
Vista de Tirana, capital da Albânia. [1]

O principal rio da Albânia é o Drin, medindo 280 km de extensão. A rede hidrográfica do país é composta, ainda, por lagos, como o Scutari, Prespa e Ocrida.

A cobertura vegetal da Albânia é formada por florestas no seu interior, como faias, pinheiros e carvalho, e vegetação de médio e pequeno porte nas áreas mais próximas da planície litorânea.

Veja também: Quais são os países da Europa?

Mapa da Albânia

Mapa da Albânia, país europeu situado na península dos Bálcãs.
Mapa da Albânia, país europeu situado na península dos Bálcãs.

Demografia da Albânia

As estatísticas da Organização das Nações Unidas (ONU) indicam que, no ano de 2020, a população albanesa era de 2.878.000 habitantes. Considerando-se sua distribuição espacial, a densidade demográfica do país é de 105 hab/km². A maior parte dos albaneses vive nas porções central e oeste do território, o que se deve principalmente ao relevo montanhoso das terras a leste. O país é urbanizado, com taxa de 62,1%.

No que se refere ao crescimento populacional, estimativas recentes mostram taxa de 0,28%,  considerada baixa.

A expectativa de vida ao nascer pode ser considerada elevada, sendo a média de 79 anos. A população albanesa, ainda assim, é em sua maioria jovem, concentrando-se na faixa etária dos 25 aos 54 anos, com idade média de 34 anos.

A população da Albânia é composta por mais de 80% de pessoas nascidas no país, as quais pertencem a dois grupos étnicos: os Gheg, que vivem ao norte, e os Tosk, do sul. A parcela restante divide-se entre pessoas oriundas de outras etnias e países vizinhos, como romanis, gregos, macedônios, montenegrinos e outros grupos.

Bandeira da Albânia

Bandeira albanesa.
Bandeira albanesa.

Economia da Albânia

A Albânia é considerada um dos países mais pobres da Europa, equiparando-se à maioria dos países da península dos Bálcãs. Sua economia concentra-se no setor terciário, responsável por 54,1% do PIB, com maior participação do turismo. A agricultura e a indústria respondem por, respectivamente, 21,7% e 24,2% da economia albanesa, conforme estimativas mais recentes (2017). Apesar disso, é na agricultura que se concentra a maior parcela da mão de obra do país.

No setor agrícola, a Albânia é produtora de milho, trigo, batata, beterraba, frutas como melancia, maçã, uva e ameixa, e nozes e castanhas. O país destaca-se, ainda, na produção de azeitonas e azeites. Ainda no setor primário, a Albânia possui cada vez mais áreas destinadas à pastagem e à criação de caprinos e suínos.

Junto da produção agropecuária, as riquezas naturais, que abrangem petróleo, carvão, minério de ferro, madeira e níquel, influenciam de forma direta a composição do quadro industrial da Albânia. Diante disso, o setor secundário é voltado para a produção de alimentos, mineração, extração e trato da madeira, petróleo e produtos químicos.

Acesse também: 10 países mais pobres do mundo

Cultura da Albânia

A diversidade cultural da Albânia está diretamente atrelada ao seu processo de formação territorial, marcado por constantes invasões estrangeiras desde o século I a.C. Os dialetos e idiomas falados são um dos principais exemplos dessa composição. Da mesma forma, o perfil religioso da população deixa expressa a influência de diversas matrizes de crença (islamismo, cristianismo e o bahá'í, por exemplo).

Além das celebrações religiosas, as festas folclóricas são características do país. Uma das principais manifestações é o quinquenal Festival Nacional de Folclore na cidade de Gjirokastër, tombada pela Unesco como Patrimônio Mundial em 2005. Outros festivais semelhantes acontecem por todo o território albanês, onde há a utilização de trajes típicos e danças características de cada comunidade.

A música popular (folk) é outra importante forma de manifestação cultural da Albânia, com destaque para o estilo iso-polifônico, também considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

A cidade de Berat celebra anualmente o seu Festival de Música, que acontece no famoso castelo ou fortaleza de Berat. [2]
A cidade de Berat celebra anualmente o seu Festival de Música, que acontece no famoso castelo ou fortaleza de Berat. [2]

Infraestrutura da Albânia

A matriz energética da Albânia é formada majoritariamente pela hidrelétrica, seguida de combustíveis fósseis. Ao mesmo tempo em que o país dispõe de extensa rede de distribuição e elevado potencial de geração por meio das águas dos rios, enfrenta sérios problemas nesse setor no que diz respeito ao custo elevado com o qual o serviço chega ao seu consumidor final. Ainda assim, o país é um exportador de energia elétrica.

O acesso ao saneamento básico ultrapassa os 90% da população, chegando quase igualmente às populações urbanas e rurais.

Devido às suas dimensões, a Albânia dispõe de apenas três aeroportos e sistemas de rodovias e ferrovias relativamente curtos se comparados ao restante do mundo.

Créditos das imagens

[1] Truba7113 / Shutterstock

[2] Daniel Reiner / Shutterstock

Publicado por Paloma Guitarrara

Artigos Relacionados

Bandeira de Belarus.
Belarus
Saiba mais sobre a história de Belarus. Veja informações sobre as características geográficas do território belarusso e leia sobre a situação política do país.
Liubliana, capital da Eslovênia
Eslovênia
Localizada no continente europeu, a Eslovênia é uma das ex-repúblicas da antiga Iugoslávia.
Valletta, capital de Malta
Malta
País que abriga as construções mais antigas da humanidade.
O continente europeu, apesar de ser um dos menores em extensão, é composto por um grande número de países.
Países da Europa
Conheça os países da Europa. Saiba quantos países há no continente, suas capitais e a quais regiões pertencem. Veja também curiosidades sobre os países europeus.
Bandeira da Suécia
Suécia
Clique aqui e conheça um pouco mais da Suécia!
A bandeira da Turquia foi criada com o fim do Império Otomano e apresenta elementos da cultura Islâmica
Turquia
Saiba mais sobre a Turquia, um país localizado na fronteira da Europa e da Ásia!
video icon
Química
Estequiometria no Enem: como esse tema é cobrado?
Estequiometria é um tema bastante recorrente nas provas do Enem, ela aparece de maneira pura e aplicada ou envolvida com outros tópicos da química. Hoje faremos uma breve revisão desse assunto por meio da análise de algumas questões cobradas anteriormente no Enem.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.