Whatsapp icon Whatsapp

Lua

Lua é o único satélite natural da Terra. Essa formação tem um forte simbolismo cultural e influencia nas dinâmicas terrestres, como na formação das marés.
Visão aproximada da Lua em sua fase cheia
A Lua é o único satélite natural do planeta Terra.

A Lua é um corpo celeste localizado no Sistema Solar, mais precisamente nas proximidades da Terra, sendo o único satélite natural desse planeta. Há diversas teorias que explicam a formação lunar, no geral, derivadas de outros processos que geraram os demais corpos celestes, inclusive a próprio planeta Terra.

A Lua possui algumas características semelhantes às da Terra, como a sua composição em três grandes camadas. Uma outra característica da Lua é a sua superfície formada por crateras constituídas pela queda de corpos celestes diversos. Ela possui quatro fases e é objeto de estudos científicos diversos, tendo também uma relação muita próxima com a Terra, influenciando a esfera terrestre por meio do seu campo gravitacional.

Saiba mais: Qual a diferença entre cometa, asteroide e meteoro?

Resumo sobre a Lua

  • A formação da Lua é motivo de controvérsias entre os cientistas, embora a teoria mais aceita seja a de que ela foi formada há milhões de anos por meio de processos astronômicos diversos.

  • A Lua é um satélite natural, composta por três grandes camadas, e realiza movimentos diversos, como a rotação e a translação.

  • Os estudos sobre a Lua avançaram bastante nos últimos anos, sobretudo em razão do desenvolvimento tecnológico da sociedade.

  • Ela possui quatro fases distintas: nova, crescente, cheia e minguante.

  • Ela influencia diretamente diversos processos terrestres, com destaque para a movimentação das marés.

Etimologia da Lua

O termo Lua tem origem na língua latina, mais precisamente na palavra luna, amplamente adotada por povos diversos. Nas mitologias, especialmente na grega e na romana, o termo designa uma divindade que estava diretamente relacionada ao satélite natural da Terra, ou seja, a Lua. Enquanto para os gregos havia três deusas: Selene, Ártemis e Hécate, para os romanos havia apenas uma, Diana.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais as características da Lua?

A Lua é um satélite natural de tamanho muito inferior ao da Terra, mas localizado relativamente próximo ao planeta, sendo o único satélite natural presente na órbita da Terra.

Sua composição é feita por materiais minerais e rochosos diversos, que formam três camadas distintas: crosta, munto e núcleo. Assim como a Terra, para além das camadas, a Lua também possui atmosfera, bastante fina e composta por gases variados. As condições físicas da Lua não permitem a ocorrência de vida, ou seja, não há vida nela.

A Lua, satélite bastante iluminado, podendo ser visto a olho nu da Terra, realiza alguns movimentos, com destaque para:

A origem e a formação da Lua

 Visão aproximada da superfície da Lua.
 A superfície da Lua é formada por crateras de diversos tamanhos.

Há um conjunto de teorias astronômicas que tentam explicar a formação da Lua. Uma das principais teorias aceitas indica que esse satélite natural teria se formado com o Sistema Solar, mais especificamente por meio da matéria cósmica que ficou disposta a partir da consolidação da esfera terrestre. Sendo assim, conforme essa teoria, as formações da Terra e da Lua estão imbricadas, sendo originárias de processos astronômicos muito antigos.

A partir da origem da Lua, ocorreu a formação das suas características, ou seja, dos seus aspectos constituintes. Por exemplo, as crateras desse satélite derivam das constantes quedas de meteoros na sua superfície. Nesse mesmo sentido, a Lua tem alguns pontos de composição similares aos da Terra, como a presença de grandes rochas na sua composição interna. Ressalta-se, ainda, que o satélite também está em constante movimento.

Leia também: Por que a Lua não cai na Terra?

Os estudos sobre a Lua

Os estudos sobre a Lua avançaram muito ao longo dos anos, especialmente por meio do desenvolvimento de novas tecnologias que possibilitaram avanços no campo da astronomia. A Lua é o único satélite natural que já foi visitado pelo ser humano, por meio de uma ação espacial estadunidense realizada pela Nasa (National Aeronautics and Space Administration) em 1969, com o astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na superfície da Lua.

A partir de então, diversos estudos acadêmicos e científicos buscaram entender as características e os processos que envolvem o satélite. Tais estudos são, inclusive, importantes para compreender algumas dinâmicas da Lua que refletem na Terra, como as marés.

Quais as fases da Lua?

A Lua tem quatro fases, que apresentam características distintas, conforme a sua ocorrência. São elas:

  • Lua crescente: também chamada de quarto crescente, tem como característica a vista parcial da Lua do ponto de vista terrestre, como um semicírculo.

  • Lua cheia: ocorre em razão do posicionamento terrestre, entre o Sol e a Lua, que permite ver a Lua totalmente iluminada.

  • Lua minguante: também chamada de quarto minguante, tem como característica a formação de um semicírculo do lado oposto ao quarto crescente.

  • Lua nova: é caracterizada pela iluminação da Lua somente do lado oposto ao visível na Terra. Portanto, nessa fase não é possível ver a Lua a olho nu do planeta Terra.

 Ilustração das quatro fases da Lua.
Observe as quatro fases da Lua.

Qual a relação da Lua com a Terra?

A Lua possui uma relação intrínseca com a Terra, influenciando alguns eventos físicos que ocorrem no planeta terrestre assim como despertando muita atenção entre os terráqueos. A principal ação da Lua sobre o planeta Terra é a ocorrência das marés, que derivam da ação da gravidade lunar, que atrai diretamente as águas oceânicas, em um processo conjunto com o Sol.

A Lua também realiza alguns eventos, em conjunto com outros astros do Sistema Solar, que despertam grande curiosidade da população, como

Ademais, a Lua serve como uma proteção extra ao planeta Terra, já que funciona como um escudo protetivo contra a queda de asteroides e cometas. Ela também tem influência na inclinação do eixo terrestre, assim como no movimento de rotação, que permite a sucessão entre os dias e as noites terrestres.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

A composição do ar
Clique e entenda os elementos que promovem a composição do ar na atmosfera terrestre.
Bacia Hidrográfica
Clique e veja o que são bacias hidrográficas. Entenda também quais são os tipos e os elementos das bacias, além de conhecer as principais bacias hidrográficas do Brasil.
Circulação Atmosférica
Entenda o que é e como funciona a circulação atmosférica global.
Eclipse Lunar
Você sabia que o eclipse lunar acontece sempre na lua cheia? Clique aqui e entenda como ocorre o eclipse da lua.
Fases da Lua
Veja quais são as quatro fases principais da Lua. Entenda como ocorre a formação delas e do ciclo lunar. Leia mais sobre a ocorrência dos eclipses lunares.
Inverno Nuclear
Inverno Nuclear, o que é inverno nuclear, o que causaria um inverno nuclear, a inibição da luz solar.
Marés
Saiba como ocorre o impressionante fenômeno das marés!
O fim dos dinossauros
As causas que teria motivado a extinção dos grandes répteis.
Pangéia e Pantalassa
Pangéia e Pantalassa, O que é Pangéia e Pantalassa, Quem formulou a teoria da Pangéia e Pantalassa, Quando foi formulada a teoria da Pangéia e Pantalassa, Quando existiu a Pangéia e Pantalassa, Qual é a divisão da Pangéia.
Planeta Netuno
Clique aqui e saiba quais são as principais características físicas do planeta Netuno. Leia sobre suas luas e sobre seus anéis. Descubra como é feita sua exploração.
Planeta Terra
Conheça algumas curiosidades sobre nosso planeta. Entenda como são formadas as estruturas interna e externa da Terra. Identifique os movimentos terrestres.
Por que a Lua não cai na Terra?
Você sabe por que a Lua não cai na Terra? Clique aqui e entenda o que possibilita que o satélite natural terrestre mantenha-se em sua trajetória!