Paraná

O estado do Paraná é um dos mais desenvolvidos do Brasil. Foi formado, em especial, pelo processo de migração de brasileiros e estrangeiros para o seu território. No Paraná há uma presença muito forte de descendentes de europeus, que formam a base étnica da população local. Logo, a cultura paranaense foi muito influenciada pelos imigrantes.

A geografia do Paraná é caracterizada pelo clima subtropical, pelo solo de terra roxa e pela presença de formações vegetais de floresta de altitude. O pinheiro-do-paraná, também conhecido como araucária, é a árvore símbolo do estado.

A economia paranaense possui uma forte base agrícola e industrial. A agropecuária praticada no estado é de ponta. As principais indústrias são as automobilísticas, eletroeletrônicas e alimentícias. Há ainda a presença forte do setor turístico no estado. O Paraná oferece uma ótima infraestrutura logística, por meio de uma ampla rede de rodoviais, ferrovias, portos marítimos e fluviais. No estado está localizada a Usina de Itaipu, principal usina hidroelétrica do país.

Leia também: Brasília — dados históricos e geográficos da capital federal

Dados gerais do Paraná

  • Região: Sul.
  • Capital: Curitiba.
  • Área territorial: 199.315 km² (IBGE, 2019).
  • População:11.516.840 habitantes (IBGE, 2020).
  • Densidade demográfica: 52,4 hab./km² (IBGE, 2010).
  • Fuso: UTC-3.
  • Clima: subtropical.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História do Paraná

O Paraná, apesar do processo de colonização do Brasil empreendido a partir de 1500, foi uma das regiões brasileiras de ocupação mais recente. O atual território do estado era habitado por índios de diversas etnias. A partir do século XVII, com o desbravamento da região e a descoberta de ouro, os portugueses aumentaram o seu interesse econômico pelas terras paranaenses.

Desse modo, o início da mineração fomentou a ocupação do estado, e o seu território era considerado parte da antiga província de São Paulo, situação política que implicou um menor desenvolvimento da região por um longo período.

Somente em 1853, o Paraná se tornou oficialmente um estado brasileiro, tendo o seu território desmembrado de São Paulo. Desde então, apresentou um grande crescimento das atividades primárias, com destaque para a exploração de madeira, cultivo de erva-mate e, principalmente, plantação de café.

A cultura cafeeira, por exemplo, atraiu muitos imigrantes para o Norte paranaense, em razão da disponibilidade de terras e do chamado solo de terra roxa, que apresenta elevada fertilidade. Nesse mesmo período, muitos imigrantes europeus chegaram à região, como italianos e alemães, fundando pequenas comunidades agrícolas.

O século XX foi marcado, no Paraná, pela expansão das atividades agropecuárias, com grande destaque para o café. O processo de povoamento do estado foi incentivado por projetos de colonização, muitas vezes incentivados pelo poder estatal. As cidades de Londrina e Maringá, por exemplo, têm sua fundação ligada diretamente ao estabelecimento de projetos de ocupação agrícola. Porém, ao londo do século XX, a crise do café, atrelada ao avanço de novas áreas de cultivo no Brasil e do emprego de técnicas modernas de cultivo advindas da Revolução Verde, culminou em um processo de êxodo rural. A maior parte dos produtores rurais paranaenses migrou para as cidades, em busca de emprego e renda em outros setores da economia.

Geografia do Paraná

O estado do Paraná está localizado na Região Sul do Brasil. É banhado pelo Oceano Atlântico, faz fronteira com a Argentina e o Paraguai, e ainda faz divisa com os estados brasileiros de:

O relevo paranaense é de elevada altitude, formado por planaltos, além de formações de serra, como a Serra Geral e a Serra do Mar. As menores altitudes estão concentradas ao longo do litoral atlântico. No território paranaense está concentrado o chamado solo de terra roxa, conhecido por sua alta fertilidade. Os principais rios do estado são o Paraná, Paranapanema e Iguaçu.

O clima do Paraná é tipicamente subtropical. A principal característica desse tipo climático é a distribuição regular das chuvas ao longo do ano, assim como temperaturas amenas, em especial no inverno. A vegetação típica do Paraná é a Mata de Araucária. Essa formação vegetal é composta por espécies aciculifoliadas, como as araucárias. No estado ocorrem ainda porções vegetais de Mata Atlântica e Campos. A árvore símbolo do estado é o pinheiro-do-paraná. Já a fauna é composta por animais como a gralha-azul, a onça-pintada e a jaguatirica.

O pinheiro-do-paraná, também conhecido como araucária, é a árvore símbolo do estado.
O pinheiro-do-paraná, também conhecido como araucária, é a árvore símbolo do estado.

Mapa do Paraná

Fonte: IBGE.
Fonte: IBGE.

Demografia do Paraná

O estado do Paraná possui mais de 11 milhões de habitantes. A maior parte deles é descendente de moradores de outros estados brasileiros, assim como de países europeus, em razão do forte processo de migração que o estado vivenciou no século passado. Na atualidade, o estado apresenta uma das mais baixas taxas de natalidade do país, cenário que pode culminar, no futuro, na diminuição da sua população.

A única cidade paranaense com mais de 1 milhão de habitantes é a capital estadual, Curitiba. Já o grupo de cidades com mais de 200 mil habitantes é formado por Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu e Colombo. O estado vivenciou um processo de urbanização rápido e recente, ao longo do século XX, em razão do forte êxodo da população rural local para as cidades paranaenses.

Veja também: Envelhecimento populacional – fenômeno que resulta do declínio da taxa de fecundidade

Divisão geográfica do Paraná

O estado do Paraná está dividido em regiões intermediárias e imediatas. Essa divisão foi atualizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no ano de 2017, com base em diferentes critérios de regionalização. O estado do Paraná possui 6 regiões geográficas intermediárias e 29 regiões geográficas imediatas. São elas:

Regiões geográficas intermediárias

Regiões geográficas imediatas

 

Curitiba

Curitiba

Paranaguá

União da Vitória

Guarapuava

Guarapuava

Pitanga

 

 

 

 

Cascavel

 

 

Cascavel

Foz do Iguaçu

Toledo

Francisco Beltrão

Pato Branco

Laranjeiras do Sul – Quedas do Iguaçu

Dois Vizinhos

Marechal Cândido Rondon

 

 

 

Maringá

 

 

Maringá

Campo Mourão

Umuarama

Paranacity - Colorado

Loanda

Paranavaí

Cianorte

 

 

Londrina

Londrina

Santo Antônio da Platina

Apucarana

Cornélio Procópio - Bandeirantes

Ibaiti

Ivaiporã

 

Ponta Grossa

 

Ponta Grossa

Irati

Telêmaco Borba

Economia do Paraná

A economia paranaense é uma das principais economias estaduais do Brasil. O principal setor econômico é o primário, em razão da elevada produção de artigos agrícolas e pecuários. O Paraná é um dos principais produtores brasileiros de soja, milho, feijão e trigo. Além disso, é responsável pelo alto volume de criação e abate de suínos, bovinos e aves. A soja e a carne de aves são os dois principais produtos de exportação do estado. No setor primário, destaca-se ainda a exploração madeireira.

A indústria paranaense também é muito desenvolvida e diversificada. Destacam-se as indústrias automobilística, eletrônica, eletroportátil, alimentícia e de celulose. A região metropolitana da capital, Curitiba, e as cidades de Ponta Grossa e Londrina são os principais centros industriais do estado.

O setor terciário é beneficiado pelas atividades de comércio, muito desenvolvido em razão da extensa rede logística do estado, com portos, ferrovias e rodovias. O Paraná é ainda um dos centros turísticos da Região Sul, em especial a região de fronteira, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu.

Governo do Paraná

Além dos representantes do Executivo, o Paraná possui 54 deputados que representam o estado em nível estadual. Já na esfera do governo federal brasileiro, o Paraná possui 30 deputados federais e 3 senadores.

Veja também: O que faz um vereador?

Bandeira do Paraná

Infraestrutura do Paraná

O estado do Paraná apresenta uma ótima infraestrutura de transportes, serviços, energia e telecomunicações. No que toca aos transportes, o Paraná possui seis aeroportos de grande porte e um porto marítimo de destaque, o Porto de Paranaguá. O transporte fluvial é muito forte no Rio Paraná, sendo uma ligação importante do estado com a Argentina.

O Paraná conta ainda com uma extensa rede de rodovias e ferrovias, sendo as estradas de ferro vias importantes de escoamento da produção agrícola do estado. Os serviços de saúde e educação paranaense são bem estruturados e com boa distribuição espacial. Com relação ao setor da energia, no Paraná está situada a principal usina hidroelétrica do Brasil, a Usina de Itaipu. Há ainda várias pequenas e médias centrais hidroelétricas, implantadas nos rios de planalto da região. Nas telecomunicações, o estado possui uma ampla rede de telefonia móvel e celular, além de diversos veículos de imprensa locais.

A Usina de Itaipu, localizada no rio Paraná, é a principal hidroelétrica brasileira.
A Usina de Itaipu, localizada no rio Paraná, é a principal hidroelétrica brasileira.

Cultura do Paraná

A cultura paranaense foi fortemente influenciada pelos imigrantes que vieram para o estado em busca de melhores condições de vida. No Paraná é muito forte a presença de brasileiros originários de outros estados da federação, assim como de imigrantes europeus. As principais festas e tradições paranaenses possuem referências nas tradições europeias. Nas cidades do interior, ocorrem muitas festas em comunidades polonesas, ucranianas e alemãs.

A arquitetura, por exemplo, tem forte influência desses povos, assim como práticas de artesanato, música e dança. Já a influência de povos brasileiros está presente, em especial, na culinária, com o consumo de ervas diversas, mandioca e mel. O barreado é o prato típico da culinária paranaense, sendo resultado do cozimento de carne e temperos.

Publicado por: Mateus Campos
Assuntos relacionados
Cidade de São Paulo
Clique aqui e saiba mais sobre a cidade de São Paulo. Conheça seus principais aspectos geográficos, economia, população e um pouco da cultura da capital paulista.
Distrito Federal
Características da unidade da Federação onde se localiza a capital federal.
Mato Grosso
Conheça as principais características do Mato Grosso. Veja dados sobre sua população e economia, e saiba mais sobre a ocupação do território mato-grossense.
Localização do Mato Grosso do Sul no mapa do Brasil
Mato Grosso do Sul
O estado que possui o maior rebanho bovino do país.
Região Sul
Conheça mais a região Sul do Brasil. Leia sobre seus aspectos geográficos, economia, população, história, e aprenda sobre suas principais manifestações culturais.
Localização do Rio Grande do Norte no mapa do Brasil
Rio Grande do Norte
Características do estado localizado no extremo nordeste do Brasil.
Rio Grande do Sul
Clique aqui e aprenda sobre a história do Rio Grande do Sul. Conheça seus aspectos econômicos, sociais, demográficos e naturais. Entenda também a economia do estado.
Santa Catarina
Conheças as características de Santa Catarina. Veja quais são os setores de destaque da economia local. Saiba mais sobre os imigrantes que povoaram o estado.
Localização de São Paulo no mapa do Brasil
São Paulo
O estado economicamente mais desenvolvido do Brasil.
Tocantins
Clique e veja todos os aspectos gerais do estado do Tocantins. Conheça sua história, política, economia e sociedade, além de sua diversidade ambiental e natural.