Whatsapp icon Whatsapp

Paraná

O estado do Paraná é um dos mais desenvolvidos do Brasil. Foi formado, em especial, pelo processo de migração de brasileiros e estrangeiros para o seu território. No Paraná há uma presença muito forte de descendentes de europeus, que formam a base étnica da população local. Logo, a cultura paranaense foi muito influenciada pelos imigrantes.

A geografia do Paraná é caracterizada pelo clima subtropical, pelo solo de terra roxa e pela presença de formações vegetais de floresta de altitude. O pinheiro-do-paraná, também conhecido como araucária, é a árvore símbolo do estado.

A economia paranaense possui uma forte base agrícola e industrial. A agropecuária praticada no estado é de ponta. As principais indústrias são as automobilísticas, eletroeletrônicas e alimentícias. Há ainda a presença forte do setor turístico no estado. O Paraná oferece uma ótima infraestrutura logística, por meio de uma ampla rede de rodoviais, ferrovias, portos marítimos e fluviais. No estado está localizada a Usina de Itaipu, principal usina hidroelétrica do país.

Leia também: Brasília — dados históricos e geográficos da capital federal

Dados gerais do Paraná

  • Região: Sul.
  • Capital: Curitiba.
  • Área territorial: 199.315 km² (IBGE, 2019).
  • População:11.516.840 habitantes (IBGE, 2020).
  • Densidade demográfica: 52,4 hab./km² (IBGE, 2010).
  • Fuso: UTC-3.
  • Clima: subtropical.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História do Paraná

O Paraná, apesar do processo de colonização do Brasil empreendido a partir de 1500, foi uma das regiões brasileiras de ocupação mais recente. O atual território do estado era habitado por índios de diversas etnias. A partir do século XVII, com o desbravamento da região e a descoberta de ouro, os portugueses aumentaram o seu interesse econômico pelas terras paranaenses.

Desse modo, o início da mineração fomentou a ocupação do estado, e o seu território era considerado parte da antiga província de São Paulo, situação política que implicou um menor desenvolvimento da região por um longo período.

Somente em 1853, o Paraná se tornou oficialmente um estado brasileiro, tendo o seu território desmembrado de São Paulo. Desde então, apresentou um grande crescimento das atividades primárias, com destaque para a exploração de madeira, cultivo de erva-mate e, principalmente, plantação de café.

A cultura cafeeira, por exemplo, atraiu muitos imigrantes para o Norte paranaense, em razão da disponibilidade de terras e do chamado solo de terra roxa, que apresenta elevada fertilidade. Nesse mesmo período, muitos imigrantes europeus chegaram à região, como italianos e alemães, fundando pequenas comunidades agrícolas.

O século XX foi marcado, no Paraná, pela expansão das atividades agropecuárias, com grande destaque para o café. O processo de povoamento do estado foi incentivado por projetos de colonização, muitas vezes incentivados pelo poder estatal. As cidades de Londrina e Maringá, por exemplo, têm sua fundação ligada diretamente ao estabelecimento de projetos de ocupação agrícola. Porém, ao londo do século XX, a crise do café, atrelada ao avanço de novas áreas de cultivo no Brasil e do emprego de técnicas modernas de cultivo advindas da Revolução Verde, culminou em um processo de êxodo rural. A maior parte dos produtores rurais paranaenses migrou para as cidades, em busca de emprego e renda em outros setores da economia.

Geografia do Paraná

O estado do Paraná está localizado na Região Sul do Brasil. É banhado pelo Oceano Atlântico, faz fronteira com a Argentina e o Paraguai, e ainda faz divisa com os estados brasileiros de:

O relevo paranaense é de elevada altitude, formado por planaltos, além de formações de serra, como a Serra Geral e a Serra do Mar. As menores altitudes estão concentradas ao longo do litoral atlântico. No território paranaense está concentrado o chamado solo de terra roxa, conhecido por sua alta fertilidade. Os principais rios do estado são o Paraná, Paranapanema e Iguaçu.

O clima do Paraná é tipicamente subtropical. A principal característica desse tipo climático é a distribuição regular das chuvas ao longo do ano, assim como temperaturas amenas, em especial no inverno. A vegetação típica do Paraná é a Mata de Araucária. Essa formação vegetal é composta por espécies aciculifoliadas, como as araucárias. No estado ocorrem ainda porções vegetais de Mata Atlântica e Campos. A árvore símbolo do estado é o pinheiro-do-paraná. Já a fauna é composta por animais como a gralha-azul, a onça-pintada e a jaguatirica.

O pinheiro-do-paraná, também conhecido como araucária, é a árvore símbolo do estado.
O pinheiro-do-paraná, também conhecido como araucária, é a árvore símbolo do estado.

Mapa do Paraná

Fonte: IBGE.
Fonte: IBGE.

Demografia do Paraná

O estado do Paraná possui mais de 11 milhões de habitantes. A maior parte deles é descendente de moradores de outros estados brasileiros, assim como de países europeus, em razão do forte processo de migração que o estado vivenciou no século passado. Na atualidade, o estado apresenta uma das mais baixas taxas de natalidade do país, cenário que pode culminar, no futuro, na diminuição da sua população.

A única cidade paranaense com mais de 1 milhão de habitantes é a capital estadual, Curitiba. Já o grupo de cidades com mais de 200 mil habitantes é formado por Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu e Colombo. O estado vivenciou um processo de urbanização rápido e recente, ao longo do século XX, em razão do forte êxodo da população rural local para as cidades paranaenses.

Veja também: Envelhecimento populacional – fenômeno que resulta do declínio da taxa de fecundidade

Divisão geográfica do Paraná

O estado do Paraná está dividido em regiões intermediárias e imediatas. Essa divisão foi atualizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no ano de 2017, com base em diferentes critérios de regionalização. O estado do Paraná possui 6 regiões geográficas intermediárias e 29 regiões geográficas imediatas. São elas:

Regiões geográficas intermediárias

Regiões geográficas imediatas

 

Curitiba

Curitiba

Paranaguá

União da Vitória

Guarapuava

Guarapuava

Pitanga

 

 

 

 

Cascavel

 

 

Cascavel

Foz do Iguaçu

Toledo

Francisco Beltrão

Pato Branco

Laranjeiras do Sul – Quedas do Iguaçu

Dois Vizinhos

Marechal Cândido Rondon

 

 

 

Maringá

 

 

Maringá

Campo Mourão

Umuarama

Paranacity - Colorado

Loanda

Paranavaí

Cianorte

 

 

Londrina

Londrina

Santo Antônio da Platina

Apucarana

Cornélio Procópio - Bandeirantes

Ibaiti

Ivaiporã

 

Ponta Grossa

 

Ponta Grossa

Irati

Telêmaco Borba

Economia do Paraná

A economia paranaense é uma das principais economias estaduais do Brasil. O principal setor econômico é o primário, em razão da elevada produção de artigos agrícolas e pecuários. O Paraná é um dos principais produtores brasileiros de soja, milho, feijão e trigo. Além disso, é responsável pelo alto volume de criação e abate de suínos, bovinos e aves. A soja e a carne de aves são os dois principais produtos de exportação do estado. No setor primário, destaca-se ainda a exploração madeireira.

A indústria paranaense também é muito desenvolvida e diversificada. Destacam-se as indústrias automobilística, eletrônica, eletroportátil, alimentícia e de celulose. A região metropolitana da capital, Curitiba, e as cidades de Ponta Grossa e Londrina são os principais centros industriais do estado.

O setor terciário é beneficiado pelas atividades de comércio, muito desenvolvido em razão da extensa rede logística do estado, com portos, ferrovias e rodovias. O Paraná é ainda um dos centros turísticos da Região Sul, em especial a região de fronteira, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu.

Governo do Paraná

Além dos representantes do Executivo, o Paraná possui 54 deputados que representam o estado em nível estadual. Já na esfera do governo federal brasileiro, o Paraná possui 30 deputados federais e 3 senadores.

Veja também: O que faz um vereador?

Bandeira do Paraná

Infraestrutura do Paraná

O estado do Paraná apresenta uma ótima infraestrutura de transportes, serviços, energia e telecomunicações. No que toca aos transportes, o Paraná possui seis aeroportos de grande porte e um porto marítimo de destaque, o Porto de Paranaguá. O transporte fluvial é muito forte no Rio Paraná, sendo uma ligação importante do estado com a Argentina.

O Paraná conta ainda com uma extensa rede de rodovias e ferrovias, sendo as estradas de ferro vias importantes de escoamento da produção agrícola do estado. Os serviços de saúde e educação paranaense são bem estruturados e com boa distribuição espacial. Com relação ao setor da energia, no Paraná está situada a principal usina hidroelétrica do Brasil, a Usina de Itaipu. Há ainda várias pequenas e médias centrais hidroelétricas, implantadas nos rios de planalto da região. Nas telecomunicações, o estado possui uma ampla rede de telefonia móvel e celular, além de diversos veículos de imprensa locais.

A Usina de Itaipu, localizada no rio Paraná, é a principal hidroelétrica brasileira.
A Usina de Itaipu, localizada no rio Paraná, é a principal hidroelétrica brasileira.

Cultura do Paraná

A cultura paranaense foi fortemente influenciada pelos imigrantes que vieram para o estado em busca de melhores condições de vida. No Paraná é muito forte a presença de brasileiros originários de outros estados da federação, assim como de imigrantes europeus. As principais festas e tradições paranaenses possuem referências nas tradições europeias. Nas cidades do interior, ocorrem muitas festas em comunidades polonesas, ucranianas e alemãs.

A arquitetura, por exemplo, tem forte influência desses povos, assim como práticas de artesanato, música e dança. Já a influência de povos brasileiros está presente, em especial, na culinária, com o consumo de ervas diversas, mandioca e mel. O barreado é o prato típico da culinária paranaense, sendo resultado do cozimento de carne e temperos.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Cidade de São Paulo
Clique aqui e saiba mais sobre a cidade de São Paulo. Conheça seus principais aspectos geográficos, economia, população e um pouco da cultura da capital paulista.
Distrito Federal
Conheça as características do Distrito Federal. Entenda a divisão geográfica e a forma de administração pública que são específicas desse ente federado brasileiro.
Mato Grosso
Conheça as principais características do Mato Grosso. Veja dados sobre sua população e economia, e saiba mais sobre a ocupação do território mato-grossense.
Mato Grosso do Sul
Conheça o Mato Grosso do Sul, estado brasileiro originado do desmembramento do Mato Grosso. Veja os principais aspectos do território sul-mato-grossense.
Região Sul
Conheça mais a região Sul do Brasil. Leia sobre seus aspectos geográficos, economia, população, história, e aprenda sobre suas principais manifestações culturais.
Rio Grande do Norte
Conheça características da geografia e da cultura do Rio Grande do Norte. Saiba mais sobre a história da ocupação e do desenvolvimento do território potiguar.
Rio Grande do Sul
Clique aqui e aprenda sobre a história do Rio Grande do Sul. Conheça seus aspectos econômicos, sociais, demográficos e naturais. Entenda também a economia do estado.
Santa Catarina
Conheças as características de Santa Catarina. Veja quais são os setores de destaque da economia local. Saiba mais sobre os imigrantes que povoaram o estado.
São Paulo
Veja os principais aspectos da geografia e da história de São Paulo. Entenda de que maneira o estado concentra as principais atividades econômicas do país.
video icon
Professor ao lado do escrito "Qual a diferença entre discurso e texto?".
Português
Qual a diferença entre discurso e texto?
Todo texto é um discurso. Mas e o contrário? Todo discurso é um texto? Nesta aula vamos acabar de vez com essa confusão e deixar bem claro quem é quem no universo textual.