Whatsapp icon Whatsapp

Pampa

Pampa é um bioma típico do estado do Rio Grande do Sul. Ele é formado por extensas regiões de relevo suave ondulado cobertas por uma vegetação de gramíneas.
Paisagem do bioma Pampa no Sul do Brasil.
O Pampa é um bioma encontrado do Sul do Brasil.

O Pampa é um bioma situado no centro-sul do continente americano e possui um clima tipicamente subtropical. Tem como características geográficas o relevo suave ondulado, as precipitações constantes e a vegetação de gramíneas. No Brasil, o Pampa cobre parte significativa do estado do Rio Grande do Sul.

Saiba mais: Pantanal — o bioma brasileiro que sofre influência do Cerrado, da Amazônia e da Mata Atlântica

Resumo sobre Pampa

  • O Pampa é um tipo específico bioma que possui uma vegetação formada por espécies de gramíneas e herbáceas.

  • Sua vegetação possui uma localização geográfica específica, ocorrendo em partes da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

  • Ocorre em uma parte pequena e específica do país, no estado do Rio Grande do Sul.

  • Seu clima é predominantemente subtropical, registrando temperaturas amenas e precipitações bem distribuídas anualmente.

  • Sua hidrografia é bastante densa e formada por rios importantes regionalmente, como o Prata e o Uruguai.

  • Seu relevo é do tipo suave ondulado, com pequenas variações de altitude e declividade.

  • Possui grande importância ambiental, uma vez que guarda grande diversidade de espécies de animais e vegetais.

  • Seu aproveitamento econômico, especialmente por atividades agropecuárias, gera inúmeros impactos ambientais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é Pampa?

O Pampa, também conhecido como Campos, Campos Sulinos ou Campanha Gaúcha, é um bioma localizado no centro-sul do continente americano. No Brasil, ele ocorre somente no estado do Rio Grande do Sul. Sua vegetação é composta basicamente por gramíneas. É um bioma bastante homogêneo, caracterizado pela presença do clima subtropical, pelo relevo suave ondulado e pela grande reserva de água. O Pampa é bastante explorado economicamente, especialmente pelas atividades agropecuárias.

Características do Pampa

→ Localização do Pampa

Está localizado em uma zona geográfica específica, no centro-sul da América do Sul, na região de confluência entre as fronteiras de Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. No caso específico do Brasil, o Pampa ocorre somente em parte do estado do Rio Grande do Sul, na Região Sul.

→ Clima do Pampa

É o subtropical, marcado pela ocorrência de temperaturas amenas na maior parte do ano e pela frequência constante de chuvas. Esse bioma também ocorre em zonas de clima temperado do continente sul-americano.

O Pampa apresenta um clima bastante específico, com forte influência da umidade, que interfere nos demais indicadores climáticos locais. As médias térmicas são amenas, sendo especialmente baixas durante o inverno, com maiores elevações termais no verão.

→ Hidrografia do Pampa

O bioma possui uma rede hidrográfica considerável, formada por rios pequenos e médios, possuindo assim uma ampla disponibilidade de água. Essa região é composta por duas bacias hidrográficas de grande importância regional: a Costeira do Sul e a do rio da Prata. Os principais rios que banham a região são o Prata e o Uruguai. A formação hidrográfica do Pampa facilita a instalação de hidrovias e hidrelétricas.

→ Relevo do Pampa

É do tipo suave ondulado, ou seja, formado por regiões de planícies com presenças pontuais de colinas. Tradicionalmente, esse relevo recebe o nome de coxilhas. Suas características geomorfológicas indicam uma zona bastante homogênea, pouca declivosa e recortada, com forte influência dos processos deposicionais, formando planícies e colinas diversas. O Pampa é um bioma extremamente suscetível ao processo de arenização.

→ Flora do Pampa

É bastante homogênea, sendo composta especificamente por espécies vegetais de gramíneas e herbáceas, com altura mediana e estrutura vegetacional uniforme. Nesse bioma, ocorre de forma bastante pontual espécies de maior altura, como algumas árvores e arbustos.

→ Fauna do Pampa

É bastante diversa, composta por diversas espécies de aves, roedores e pequenos mamíferos. São animais encontrados no Pampa: o veado-campeiro, o furão, a ema e o perdigão. O bioma possui ainda algumas espécies endêmicas, como o beija-flor-de-barba-azul e o sapinho-de-barriga-vermelha.

Importância do Pampa

Gado espalhado em região de gramíneas
A atividade pecuária extensiva é típica no Pampa.

O Pampa é um bioma bastante específico, tendo características geográficas particulares, em uma zona de clima tipicamente subtropical. Portanto, é um bioma de elevado valor ambiental, e, por consequência, com grande diversidade de espécies. Está situado em uma zona de grande disponibilidade hídrica, com reservas importantes de água.

Ademais, o Pampa possui uma importância econômica muito forte, uma vez que é uma região tradicionalmente atrelada à produção de alimentos, especialmente por meio da criação de animais e da plantação de cereais. Ele possui grande importância para a economia dos chamados países platinos, que têm uma forte base econômica primária.

Saiba também: Mata Atlântica — o bioma essencial para a manutenção da vida no litoral brasileiro

Degradação ambiental do Pampa

O Pampa é um bioma extremamente degradado em razão da sua elevada exploração econômica. Sua ocupação foi iniciada especialmente durante o período de colonização da América do Sul. A partir de então, a região foi utilizada especialmente para o desenvolvimento de atividades agropecuárias, com destaque para a pecuária extensiva e o cultivo de grãos.

Desse modo, são registrados no referido bioma inúmeros impactos ambientais, notadamente atrelados à utilização desenfreada dos recursos naturais locais. São exemplos desse cenário o desmatamento da vegetação nativa, as queimadas empreendidas para a formação de pastagens, a compactação do solo gerada pelo pisoteio dos animais, a contaminação da água resultante de agrotóxicos, entre outros. Ainda, o Pampa é muito suscetível ao processo de arenização do solo. 

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Arenização no Rio Grande do Sul
Compreenda como se manifesta o processo de arenização no sul do Brasil.
Campos
Os campos são um tipo de vegetação que ocorre em pequenas áreas do Brasil. Confira!
Estepes
Saiba quais são as principais características das vegetações de estepes. Veja detalhes sobre essa vegetação que ocorre em zonas de climas considerados inóspitos.
Pradarias
Saiba quais são as principais características das pradarias, e veja detalhes desse tipo de vegetação, que ocorre em diversas partes do globo.
Taiga
Veja os principais aspectos físicos da taiga. Entenda mais sobre a vegetação característica desse bioma e o seu emprego em diversas atividades industriais.
Tundra
Conheça as características geográficas da tundra, bioma marcado pelas baixíssimas temperaturas. Entenda a diferença entre a tundra ártica e a alpina.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos irregulares".
Português
Verbos irregulares
Sabendo que o estudo de verbos não é uma tarefa fácil, nesta videoaula esclareceremos as formas de flexão dos verbos irregulares, ou seja, aqueles que, ao serem conjugados, apresentam alteração em seu radical ou em sua terminação. Não deixe de assistir!