Camarões

Camarões é um país africano que apresenta grande diversidade étnica – cerca de 230 grupos étnicos diferentes, os quais falam 250 dialetos. Seu território possui 475.442 quilômetros quadrados, limitando-se com a Guiné Equatorial e com o Gabão (ao sul), Congo (a sudeste), República Centro-Africana (a leste), Chade (a nordeste), Nigéria (a oeste) e com o Golfo da Guiné (a sudoeste). A capital nacional é a cidade de Laundê.

O território que atualmente corresponde a Camarões foi ocupado, em 1884, pelos alemães. Durante a Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918), tropas da França e da Inglaterra invadiram o país, sendo que os franceses se apropriaram de 75% do território camaronês, e os ingleses ficaram com os 25% restantes. Os movimentos de independência prolongaram-se durante todo o século XX, e somente no dia 1° de janeiro de 1960 Camarões se tornou um país independente.

As florestas tropicais cobrem mais de 40% do território, sendo que na porção norte há o predomínio das savanas. O clima do país varia conforme a região: tropical (ao norte) e equatorial (ao sul). Camarões possui formações rochosas de origem vulcânicas, cujo ápice é o Monte Camarões (4,1 mil metros), um dos mais altos da África Central.

A população de Camarões totaliza 19.521.645 habitantes, considerado como um dos países mais populosos da África. A densidade demográfica é de 40 habitantes por quilômetro quadrado e o crescimento demográfico é de 2,3% ao ano. A população residente em área urbana corresponde a 57% e a população rural soma 43%. Os idiomas oficiais são representados pelo francês e o inglês.

Camarões, assim como outras nações da África Subsaariana, apresenta vários problemas socioeconômicos. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de apenas 0,460; a esperança de vida ao nascer é de 50 anos. A subnutrição atinge 23% dos habitantes; a taxa de mortalidade infantil é uma das mais altas do mundo: 85 óbitos a cada mil nascidos vivos. O analfabetismo também apresenta índices elevados: 32%.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A economia camaronense é pouco desenvolvida. A agricultura baseia-se no cultivo de algodão, café, mandioca, milho, cacau e sorgo. A pecuária e a pesca são outras atividades importantes.
O petróleo e o calcário são as principais riquezas naturais. A indústria, por sua vez, atua nos seguintes segmentos: alimentício, de bebidas, madeireiro e petrolífero.
O Produto Interno Bruto (PIB) do país atingiu a marca de 23,4 bilhões de dólares em 2009. A moeda é o Franco CFA.

Bandeira de Camarões
Bandeira de Camarões
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco
Assuntos relacionados
Apesar do crescimento da economia indiana, grande parte da população não tem emprego e é obrigada a atuar no mercado informal.
A economia da Índia
Os principais fatores que impulsionaram e fortaleceram a economia do segundo mais populoso país do mundo.
Plantação de milho em La Cañada, México.
Agropecuária do México
Clique aqui e conheça como se configura a agropecuária do México!
Os filmes Americanos é uma forma de influência cultural
EUA: Influência cultural, econômica e política
EUA: Influência cultural, econômica e política, Os Estados Unidos referência cultural, Os Estados Unidos potência política, Os Estados Unidos potência econômica, Como desenvolveu a influência dos Estados Unidos.
O território da Guatemala é bastante montanhoso
Guatemala
Aspectos de uma das nações mais industrializadas da América Central
Imagem de satélite das Ilhas Malvinas.
Ilhas Malvinas
Características gerais de um território ultramarino britânico localizado em plena América do Sul.
Os 20 maiores países do mundo
Conheça quais são os 20 países mais extensos do globo. Saiba também quais são os países com a maior população absoluta do planeta.
Imagem do menor país do mundo, o Vaticano
Os micropaíses
Os micropaíses, O que são os micropaíses, Quantos são os micropaíses existentes no mundo, Onde estão localizados os micropaíses no mundo, A população dos micropaíses do mundo, O território dos micropaíses do mundo.