Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Geral
  4. Camada de valência

Camada de valência

A camada de valência é o nível mais afastado do núcleo de um átomo e pode ser determinada por meio de distribuição eletrônica ou pela tabela periódica.

A camada de valência é a camada mais externa que um átomo pode apresentar, ou seja, é a camada mais distante do núcleo de um átomo. Uma das formas de determiná-la é por meio da distribuição eletrônica fundamental no diagrama de Linus Pauling.

Como podemos observar no diagrama de Linus Pauling acima, um átomo apresenta sete níveis de energia (1 a 7). Quando realizamos a distribuição eletrônica, a camada de valência será sempre a última. Veja os exemplos a seguir:

Exemplo 1: Átomo de sódio (11Na)

Analisando a distribuição eletrônica acima, é possível constatar que a camada de valência (o nível mais afastado do núcleo) é o terceiro nível e apresenta um elétron (no subnível s).

Exemplo 2: Átomo de germânio (32Ge)

Analisando a distribuição acima, é possível constatar que a camada de valência (nível mais afastado do núcleo) é o quarto nível e possui quatro elétrons (nos subníveis s e p).

Exemplo 3: Átomo de urânio (92U)

Analisando a distribuição eletrônica do urânio, é possível constatar que a camada de valência é o sétimo nível e apresenta dois elétrons (no subnível s).

Camada de valência e a tabela periódica

Podemos ainda determinar a camada de valência por meio do período e da família do elemento na Tabela Periódica. Veja:

a) Período

O período (coluna horizontal, numerada de 1 a 7) em que o elemento está é a sua camada de valência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplo 1: Átomo de estanho (Sn)

O estanho está localizado no quinto período da tabela periódica, logo, sua camada de valência é a quinta.

Exemplo 2: Átomo de bário (Ba)

O bário está localizado no sexto período da tabela periódica, logo, sua camada de valência é a sexta.

Exemplo 3: Átomo de meitnério(Mt)

O meitnério está localizado no sétimo período da tabela periódica, logo, sua camada de valência é a sétima.

b) Família A

Quando o elemento pertence à família A, o número da família sempre será o número de elétrons na camada de valência, distribuídos nos subníveis s (limite de 2 elétrons) e p (limite de 6 elétrons).

Exemplo 1: Átomo de estanho (Sn)

O estanho está localizado na família IVA da tabela periódica, logo, sua camada de valência apresenta quatro elétrons (dois estão presentes no subnível s e dois estão no subnível p).

Exemplo 2: Átomo de bário (Ba)

O bário está localizado na família IIA da tabela periódica, logo, sua camada de valência apresenta dois elétrons (no subnível s).

c) Família B

Independentemente da família B a que o elemento pertença, sua camada de valência sempre apresentará 2 elétrons (no subnível s).

Exemplo 1: Átomo de meitnério (Mt)

O meitnério está localizado na família VIIB da tabela periódica, logo, sua camada de valência apresenta dois elétrons (no subnível s).

Exemplo 2: Átomo de cobre (Cu)

O cobre está localizado na família IB da tabela periódica, logo, sua camada de valência apresenta dois elétrons (no subnível s).

Indicação da camada de valência de um átomo de carbono
Indicação da camada de valência de um átomo de carbono
Publicado por: Diogo Lopes Dias
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

O ouro foi um dos primeiros elementos a serem descobertos pelo homem (2600 a.C), junto com o carbono, mercúrio, ferro, prata, cobre e outros. Por volta de 1400 a.C., o ouro teve sua aplicação no Egito e era usado para valorizar os sarcófagos das múmias dos faraós. Por esse e outros motivos, o ouro mereceu lugar de destaque por ser um metal precioso de beleza característica. Esse metal pode ser encontrado livremente na natureza, conhecido como ouro nativo. Estima-se que existam cinco quilates de ouro para cada milhão de toneladas de terra, por isso esse elemento é tão raro. Analisando as características atômicas, qual seria a camada de valência de um átomo de ouro?

a) [Xe] 6s2, 5d7

b) [Xe] 6s2, 5d9

c) [Xe] 6s2, 5d8

d) [Xe] 5d10

e) [Xe] 5d10

Questão 2

O elemento químico potássio possui símbolo atômico K, número atômico 19 (19 prótons e 19 elétrons) e massa atômica 39 u. O potássio pertence à classe dos metais Alcalinos e, como membro dessa família, obedece às características dela: é leve, funde-se a baixas temperaturas e recebe a denominação de alcalino porque, durante reação com água, forma uma base alcalina. Esse elemento tem coloração branco-prateada, é um metal abundante na natureza, cujas fontes principais são as águas salgadas e minerais. Com relação à camada de valência dos átomos de potássio, quantos elétrons estão presentes?

a) 1

b) 2

c) 3

d) 4

e) 5

Mais Questões
Assuntos relacionados
O cloreto de sódio é um exemplo de composto formado a partir de ligação iônica entre os átomos
Ligação Iônica
Entenda como ocorre a ligação iônica, descubra seus princípios e características e aprenda a montar as fórmulas de compostos iônicos.
Representação da molécula de água em sua geometria molecular
Tipos de Geometria molecular
Clique e conheça as características dos principais tipos de geometria molecular existentes e aprenda a reconhecê-los nas mais diversas substâncias.
Modelo atômico representando os componentes de um átomo de Nitrogênio
Nitrogênio
Clique e conheça tudo sobre o elemento Nitrogênio, bem como as formas em que ele pode ser encontrado na natureza.
Linus Pauling foi o criador do diagrama que utilizamos para construir a distribuição eletrônica geométrica
Distribuição eletrônica geométrica
Clique e conheça como é a distribuição eletrônica geométrica, procedimento que ajuda a determinar um subnível mais externo do átomo.
A distribuição eletrônica em orbitais baseia-se no diagrama de Linus Pauling
Distribuição eletrônica em orbitais
Aprenda a realizar a distribuição eletrônica em orbitais a partir da forma fundamental que utiliza o diagrama de Linus Pauling.
O tecnécio é um dos quatro elementos cisurânicos
Elementos cisurânicos
Conheça cada um dos elementos denominados cisurânicos, suas características, localização na tabela periódica e utilizações.
Símbolo utilizado para representar o elemento cloro
Cloro
Clique e conheça as características, as utilizações e as propriedades físicas e químicas do cloro e saiba como é produzido esse elemento químico.
Ilustração de átomo – corresponde apenas a um modelo, e não à realidade
Estrutura do átomo
Conheça a estrutura básica do átomo e quais são as suas principais partículas constituintes.
Modelo atômico de Bohr.
O átomo de Bohr
Niels Bohr, átomo de Bohr, física atômica, átomo estável, modelo atômico sistema planetário, camadas da eletrosfera, níveis de energia, camadas eletrônicas, energia dos elétrons, modelo atômico de Rutherford, átomo em estado excitado.
Os elementos químicos se organizam em períodos e famílias.
Organização da Tabela Periódica
Organização dos elementos químicos, Dimitri Ivanovich Mendeleev, números atômicos, Períodos, Famílias, grupos, propriedades químicas dos elementos, propriedades físicas dos elementos.
Colunas verticais e horizontais da Tabela Periódica
Períodos e Famílias da Tabela Periódica
Conheça como são organizados os períodos e as famílias da Tabela Periódica!
Estudo do átomo de Bohr
Saiba mais sobre os níveis de energia da eletrosfera atômica.
Um selo impresso em 1963 na Dinamarca mostra imagem de Niels Bohr comemorando o cinquentenário da sua famosa teoria atômica*
Modelo Atômico de Rutherford-Bohr
Conheça o modelo atômico de Rutherford-Bohr que explica muitos fenômenos, como a emissão de luzes coloridas pelos fogos de artifício.