Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Geral
  4. Ligação Covalente

Ligação Covalente

A ligação covalente é um tipo de ligação química realizada entre os átomos de hidrogênio, ametais e semimetais que compartilham entre si pares de elétrons.

A ligação covalente é um tipo de ligação química que ocorre com o compartilhamento de pares de elétrons entre átomos que podem ser o hidrogênio, ametais ou semimetais.

Segundo a teoria ou regra do octeto, os átomos dos elementos ficam estáveis quando atingem a configuração eletrônica de um gás nobre, ou seja, quando eles possuem oito elétrons em sua camada de valência (camada mais externa) ou dois elétrons — no caso de possuírem somente a camada eletrônica K.

Assim, seguindo essa regra, os átomos dos elementos mencionados possuem a tendência de ganhar elétrons para alcançarem a estabilidade. Por exemplo, o hidrogênio no estado fundamental possui somente um elétron na sua camada eletrônica; assim, para ficar estável, ele precisar receber mais um elétron de outro átomo.

Se tivermos dois átomos de hidrogênio, ambos precisarão receber um elétron cada. Por isso, em vez de transferirem elétrons (como ocorre na ligação iônica), eles farão uma ligação covalente em que compartilharão um par de elétrons. Desse modo, ambos ficarão com dois elétrons, adquirindo a estabilidade:

Ligação covalente de formação do gás hidrogênio
Ligação covalente de formação do gás hidrogênio

Essa forma de representar as ligações químicas, em que os elétrons da camada de valência são colocados ao redor do símbolo do elemento como “pontinhos”, é chamada de fórmula eletrônica de Lewis. Nela, cada par de elétrons compartilhado em uma ligação covalente é representado por um “enlaçamento” entre os dois pontinhos.

Existe outra forma de representar as ligações covalentes, que é por meio da fórmula estrutural. Nessa fórmula, cada par compartilhado é representado por um traço. Veja:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Representação das ligações covalentes em fórmulas estruturais
Representação das ligações covalentes em fórmulas estruturais

Assim, a ligação que forma o gás hidrogênio é representada da seguinte forma: HH. E sua fórmula molecular é H2.

Visto que o hidrogênio é capaz de realizar somente uma ligação covalente, dizemos que ele é monovalente. Veja na tabela a seguir a quantidade de ligações covalentes que os principais ametais e semimetais podem realizar:

Possibilidades de realização de ligação covalente dos ametais e semimetais principais da Tabela Periódica
Possibilidades de realização de ligação covalente dos ametais e semimetais principais da Tabela Periódica

Com base nisso, consideremos agora a molécula de dióxido de carbono (CO2). O carbono, que pertence à família 14, possui quatro elétrons na última camada, como mostrado na tabela, e precisa fazer quatro ligações covalentes para ficar estável. Já o oxigênio é da família 16, possui seis elétrons na camada de valência e precisa realizar duas ligações. Desse modo, o carbono compartilha dois pares de elétrons ou faz duas ligações duplas com cada átomo de oxigênio. Veja como ficam as fórmulas eletrônica e estrutural, respectivamente, do dióxido de carbono:

Fórmula eletrônica e estrutural do dióxido de carbono
Fórmula eletrônica e estrutural do dióxido de carbono

Veja mais exemplos a seguir:

Exemplos de ligações covalentes (fórmulas eletrônicas)
Exemplos de ligações covalentes (fórmulas eletrônicas)

Mas existe um tipo especial de ligação covalente. Estude sobre ela no texto Ligação Covalente Dativa.

O dióxido de carbono é formado por ligações covalentes entre o carbono e dois átomos de oxigênio
O dióxido de carbono é formado por ligações covalentes entre o carbono e dois átomos de oxigênio
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Abaixo temos as fórmulas de Lewis para átomos de cinco elementos químicos.

Fórmulas eletrônicas de Lewis para alguns elementos
Fórmulas eletrônicas de Lewis para alguns elementos

Podemos afirmar que a única estrutura que não se forma é:

a) HCl

b) Cl2

c) H2O

d) NH3

e) HC4

Questão 2

O elemento “A” possui número atômico igual a 6, enquanto o elemento “B” possui número atômico igual a 8. A molécula que representa corretamente o composto formado por esses dois elementos é:

a) AB

b) BA

c) A2B

d) AB2

e) B2A

Mais Questões
Assuntos relacionados
As moléculas de água possuem geometria angular
Geometria Molecular
Saiba mais sobre o estudo da geometria molecular, sua importância e exemplos.
Adicionar sal à água favorece a propriedade coligativa denominada de tonoscopia
Tonoscopia
Conheça as características da tonoscopia e aprenda como a pressão máxima de vapor de um solvente pode diminuir após a adição de um soluto não volátil.
Representação da molécula de água em sua geometria molecular
Tipos de Geometria molecular
Clique e conheça as características dos principais tipos de geometria molecular existentes e aprenda a reconhecê-los nas mais diversas substâncias.
Compartilhar elétrons: ligação covalente dativa.
Ligação covalente dativa
Clique aqui e aprenda um pouco mais sobre a ligação covalente dativa!
Ilustração de um átomo e seu núcleo.
Entendendo o núcleo atômico
Saiba mais sobre o corpo central do átomo.
O gás ocupa todo o volume do cilindro em que está contido
Volume dos Gases
Entenda por que o volume dos gases é sempre igual ao volume do recipiente, quais são as unidades de medida usadas nesse caso e como fazer suas conversões.
Imagem meramente ilustrativa de ligação química envolvendo elétrons em camadas internas do átomo
Ligações químicas entre elétrons de camadas internas
Veja novos estudos que mostram a possibilidade de ligações químicas entre elétrons de camadas internas, o que vai contra as regras básicas da química.
A disposição espacial dos átomos em uma molécula é a geometria molecular
Determinação da Geometria Molecular
Aprenda aqui a determinar qual é a geometria molecular para todo tipo de molécula.
Valores de eletronegatividade dos elementos da Tabela Periódica segundo Linus Pauling
Eletronegatividade
Conheça umas das propriedades periódicas mais importantes, a eletronegatividade.
A acetona é um exemplo de substância que apresenta ligação pi em sua estrutura
Ligação pi
Conheça os critérios para que uma ligação pi seja estabelecida entre átomos.
Modelo de hibridização entre um orbital s e um orbital p
Hibridização do Berílio
Clique e aprenda como se processa a hibridização do Berílio e conheça ainda a forma como seus orbitais devem ser classificados e representados!
Botes salva-vidas podem ser inflados a partir de reações com hidróxidos
Reações com hidretos
Clique e aprenda os princípios e como devemos proceder na montagem de equações que representam reações com hidretos.
A amônia é um exemplo de molécula polar
Polaridade das moléculas
Aprenda neste texto como é simples determinar a polaridade das moléculas por meio das nuvens eletrônicas ou da soma dos vetores momento dipolar.
Letra grega que representa o vetor momento dipolar resultante
Vetor momento dipolar resultante em moléculas
Clique e aprenda por meio de vários exemplos a determinar o vetor momento dipolar resultante de uma molécula.
O dióxido de carbono é um exemplo de substância que apresenta moléculas apolares
Moléculas apolares
Clique e aprenda a identificar moléculas apolares a partir de duas formas práticas de analisar sua estrutura.
A fosfina é um exemplo de substância cujas moléculas apresentam geometria piramidal
Geometria piramidal
Clique e conheça quais são os critérios adotados para avaliar se uma molécula apresenta a geometria piramidal.
O gás metano é uma substância cujas moléculas apresentam geometria tetraédrica.
Geometria tetraédrica
Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre geometria molecular conhecendo as principais características que determinam a geometria tetraédrica, a qual ocorre em moléculas pentatômicas cujo átomo central está ligado a quatro átomos iguais ou diferentes.
O cloreto de sódio é um exemplo de composto formado a partir de ligação iônica entre os átomos
Ligação Iônica
Entenda como ocorre a ligação iônica, descubra seus princípios e características e aprenda a montar as fórmulas de compostos iônicos.
Granito: mistura heterogênea de pedras.
Misturas Homogêneas e Heterogêneas
Misturas Homogêneas, Misturas Heterogêneas, sistemas, granito, quartzo, feldspato, mica, ar, fase, solução, substância pura, moléculas, componentes, sais minerais, composto.
O aço cirúrgico é usado para fabricar piercings.
Ligação Metálica
Conheça mais sobre as propriedades das ligações metálicas.
Existem vários tipos de reações químicas, mas todas são representadas por equações químicas.
Reações químicas
Reação química é quando ocorre uma mudança ou transformação em uma substância em que a constituição da matéria é alterada.
Ligação iônica e covalente: qual delas é polar?
Aprenda a classificar um composto de acordo com sua polaridade.
Composto estável: camada de valência completa.
Regra do Octeto
Como os átomos se ligam para atingir a estabilidade eletrônica?
Transformações gasosas - exercícios
Aprenda a resolver questões envolvendo gases perfeitos.
Acidez e basicidade das soluções salinas
Análise feita a partir da hidrólise do sal.
O que compõe a água?
Um estudo sobre a água
Características e propriedades da molécula H2O.
A polaridade das ligações pode ser vista por meio da distribuição espacial da sua nuvem eletrônica
Polaridade de Ligações Covalentes
A polaridade das ligações covalentes pode ser dos dois tipos: apolar e polar, depende apenas da eletronegatividade dos átomos envolvidos.
A grafita é uma exceção em relação aos outros compostos covalentes, quando se trata da propriedade de conduzir corrente elétrica
Características e Propriedades dos Compostos Covalentes
Conheça algumas das propriedades dos compostos covalentes ou moleculares, como estados físicos, pontos de fusão e ebulição, polaridade, condutividade, entre outras.
A ligação covalente pelo modelo de orbitais de Linus Pauling se dá pela interpenetração ou fusão dos orbitais desemparelhados
Ligação Covalente e o Modelo de Linus Pauling com os Orbitais
Entenda o que diz a teoria da ligação covalente por meio da interpenetração de orbitais atômicos e veja exemplos de sua aplicação.
O tipo de ligação química que forma os compostos é que determina suas propriedades
Ligações Químicas
Entenda por que os átomos reagem entre si, originando as ligações químicas. Veja também o que diferencia as principais ligações, que são: ligação iônica, covalente e metálica.
A ligação de formação do sal de cozinha é iônica polar
Polaridade das Ligações
Aprenda a identificar a polaridade das ligações iônicas e covalentes.
Um selo impresso em 1963 na Dinamarca mostra imagem de Niels Bohr comemorando o cinquentenário da sua famosa teoria atômica*
Modelo Atômico de Rutherford-Bohr
Conheça o modelo atômico de Rutherford-Bohr que explica muitos fenômenos, como a emissão de luzes coloridas pelos fogos de artifício.