Esteres

Os Ésteres são compostos orgânicos que apresentam fórmula geral R − COO − R1, são caracterizados pelo grupo funcional:

   O
   ?
− C − O −

R e R1 são radicais orgânicos, veja o exemplo:

             O 
             ?
H3C − C − O − CH3
Etanoato de metila ou
acetato de metila



Os ésteres, nas condições ambientes, se apresentam como líquidos ou sólidos, dependendo da quantidade de carbono. Os primeiros membros da série, os que apresentam baixa massa molecular, são líquidos incolores, de cheiro agradável. No entanto, à medida que se aumenta a massa molecular, vão se tornando líquidos xaroposos, viscosos e gordurosos, até se tornarem sólidos (aspecto de cera), daí ocorre a perda de cheiro agradável. São compostos insolúveis em água, porém são solúveis em álcool, éter e clorofórmio. Como não apresentam pontes de hidrogênio, os ésteres têm ponto de ebulição menor que o dos álcoois e ácidos de mesma massa molecular.

Os ésteres são utilizados na preparação de extratos artificiais que imitam o odor e o gosto de frutas, por isso são usados na fabricação de xaropes, doces, pastilhas, refrescos, etc. Os ésteres ocorrem naturalmente na natureza na forma de essências de frutas, nos óleos e gorduras (glicéridos), nas ceras e nos fosfátides (lecitina do ovo e cefalina do cérebro).

Vejamos para que são utilizadas cada uma dessas formas:

Essências: são usadas para imitar o sabor e o aroma de algumas frutas, são também chamadas de flavorizantes ou aromatizantes e muito usadas em indústria de alimentos para dar cheiro e sabor aos produtos. Exemplo: o flavorizante acetato de pentila é um ingrediente do grupo dos ésteres, e é usado para dar sabor artificial de banana em alimentos.

Óleos e gorduras: são os ésteres mais usados em nosso dia-a-dia, são encontrados em produtos como óleo de soja, margarina e azeite de oliva.

Ceras: usadas na fabricação de graxas para sapatos, cera para dar brilho a pisos, papel manteiga, velas, etc. A cera de abelha e a cera de carnaúba também fazem parte da classe de ésteres.

Alguns ésteres são usados como medicamentos, os de cadeia carbônica mais longa e que existem nos óleos e gorduras são aproveitados na produção de sabões.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
A cera de abelha é um éster.
A cera de abelha é um éster.
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Óleos e gorduras são exemplos de lipídios e podem ser diferenciados pela análise do ponto de fusão
Lipídios
Compreenda o que são os lipídios e as principais funções dessas moléculas nos organismos vivos.
Bases fundamentais para a nomenclatura dos ésteres
Nomenclatura dos ésteres
Clique e aprenda a realizar a nomenclatura de qualquer estrutura pertencente ao grupo orgânico dos ésteres.
Na realidade, o nome oficial do ácido fórmico presente nas formigas é ácido metanoico
Nomenclatura dos ácidos carboxílicos
Aprenda a realizar a nomenclatura dos ácidos carboxílicos normais, ramificados, saturados, insaturados e com mais de um grupo funcional.
Estruturas químicas dos cloretos de ácidos carboxílicos: cloreto de etanoíla e cloreto de benzoíla.
Cloretos de ácidos carboxílicos
Conheça os derivados de ácidos carboxílicos denominados cloretos de ácido ou cloretos de acila.
O acetato de sódio (sal orgânico) é um sódio cristalino
Propriedades dos Sais Orgânicos
Conheça as principais propriedades físicas e químicas apresentadas pelos sais orgânicos derivados dos ácidos carboxílicos.
Modelos da molécula de metilamina, uma amina primária
Classificação e basicidade das aminas
Conheça como é feita a classificação das aminas em primárias, secundárias ou terciárias, porque elas são básicas e qual é a ordem de basicidade entre elas.
O 3-metilbutan-1-tiol está no líquido que o cangambá utiliza como arma de defesa. Esse é um exemplo do odor desagradável que os tiocompostos possuem!
Tiocompostos ou Compostos Sulfurados
Sabe aqueles cheiros desagradáveis como o do gambá, do alho e do gás de cozinha? Todos esses casos estão ligados à presença de tiocompostos. Saiba mais aqui!
Muitos aromatizantes e flavorizantes usados em balas e doces são produzidos por meio de reações de esterificação
Reações de esterificação
Conheça as reações de esterificação que produzem essências usadas na indústria alimentícia.
Sabonete sólido utilizado no dia a dia
Química do sabonete
Clique para saber tudo a respeito da composição química do sabonete!
Cápsulas de fosfoetanolamina, a pílula do câncer
Propriedades da fosfoetanolamina
Conheça as propriedades da fosfoetanolamina, substância apontada como a possível cura do câncer.
Representação dos átomos presentes na molécula de THC
THC: composição química do principal componente da maconha
Conheça a composição química do principal componente da maconha: o THC!
Acetona como removedor de esmalte
Acetonas
Clique aqui e conheça as características e utilizações das acetonas!
A figura mostra as ruínas da câmara de gás de um campo de extermínio nazista, onde o gás usado era o cianeto de hidrogênio (HCN)
Nitrilas ou Cianetos
Conheça o grupo funcional das nitrilas, caracterizadas pela presença do grupo ?CN. Veja também a nomenclatura e a aplicação dos principais compostos desse grupo.
O etanodiato de cálcio, mais conhecido como oxalato de cálcio, é o principal componente das pedras nos rins ou cálculos renais
Nomenclatura de Sais Orgânicos
Conheça as regras da IUPAC para a nomenclatura de sais orgânicos, bem como a sua nomenclatura usual.